Programa de EMPREGOS do Governo Federal: BENEFICIÁRIO do Bolsa Família terá PRIORIDADE!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Programa de EMPREGOS do Governo Federal – Confira todos os detalhes sobre como deverá funcionar o novo programa do Governo Federal!

Sempre que um novo presidente assume são aguardadas novidades e reformulações. Por isso um novo Programa de Empregos do Governo Federal deve surgir em breve. A ideia é que isso aconteça dando prioridade para beneficiários do Bolsa Família.

Isso deverá seguir um padrão que já foi definido pela atual equipe econômica: a necessidade de criar uma espécie de “novo Bolsa Família” e criar um programa próprio. Esse vai se chamar Renda Brasil e é a partir dele que devem surgir muitas novidades. 

A seguir vamos falar um pouco mais sobre isso. Confira e fique atento para entender como devem surgir novas oportunidades para quem está em situação de desemprego ou trabalhando de maneira informal. 

Programa de EMPREGOS do Governo Federal
Imagem: Divulgação

Programa Renda Brasil Bolsa Família

O Programa Renda Brasil é o novo Bolsa Família? Não é tão simples assim. A reformulação da principal ação de renda do país está mudando e vai ser reformulada. A ideia é que esse programa assistencial deixe de existir em breve.

Beneficiários do Bolsa Família PODEM RETIRAR Kits: Datas e Locais são DIVULGADOS!

A intenção do Ministério da Economia é que o Renda Brasil incorpore todos os beneficiários do Bolsa Família – incluindo aqueles que estão na fila de espera. Com ele também serão beneficiados outros integrantes do Cadastro Único (CadÚnico).

A ideia é criar uma programa de renda permanente que também ajuda aqueles que fizeram parte do Auxílio Emergencial de R$ 600. Eles seriam realocados e poderiam receber os valores por esse novo programa. 

Vagas de Emprego Programa Renda Brasil

A intenção também é oferecer novas vagas de emprego pelo Programa Renda Brasil. E como isso seria feito? De acordo com matéria da Folha de São Paulo, o Renda Brasil seria “acoplado” a uma nova ação para desempregados. 

O programa de emprego desonerado está sendo elaborado pelo Ministério da Economia ainda. Mas a ideia é que haja um tipo de “rampa de acesso” a partir do Renda Brasil para o mercado de trabalho formal. 

Na prática, isso significa que os beneficiários que entrarem no novo programa poderão estar habilitados de forma automática a entrar nessa nova ação de oportunidades de emprego. A intenção do Ministério da Economia é criar uma ação mais “robusta” e ampla do Bolsa Família. 

Para incentivar os empregos formais pelo Renda Brasil a admissão de pessoas com renda baixa e com menos qualificação deverá ter um custo menor para o empregador. Além disso é possível que os trabalhadores que conseguirem uma dessas vagas continuem vinculados ao programa (provavelmente com benefício menor). 

Quando vai começar Renda Brasil

Mas então quando vai começar o Programa Renda Brasil? Essas informações ainda não estão confirmadas, mas como disse Cristiana Lôbo no site G1, a extensão das parcelas do Auxílio Emergencial em três meses ajudam a equipe econômica a continuar trabalhando no programa. 

Ou seja, é possível que a inscrição no Renda Brasil começar depois que terminar o Auxílio de R$ 600,00. E mais importante do que isso, é necessário aguardar qual vai ser a reação das outras alas do Governo Federal. 

Ou seja, é necessário aguardar a boa vontade e concordância do Legislativo em fazer a revisão ou extinção de programa sociais que já existem. De acordo com matéria da Folha, entre os alvos, os principais benefícios que podem acabar são: 

  • Abono Salarial; 
  • Programa Farmácia Popular; 
  • Seguro-defeso (para pescadores); 
  • Desonerações da cesta básica; 
  • E o próprio Bolsa Família. 

A intenção é conseguir juntar o máximo possível de dinheiro para conseguir fazer um programa Renda Brasil mais completo. 

Confira mais sobre o RENDA BRASIL; Novo Programa substituirá Bolsa Família e irá incluir profissionais informais!

 

Leia Também