Estes são os EMPREGOS INSUBSTITUÍVEIS pela Inteligência Artificial; o seu está na lista?

Embora, muitas profissões estão correndo risco de serem dominadas pela inteligência artificial, existem 34 empregos que a mão de obra humana não pode ser substituída por nenhuma tecnologia, Saiba quais são.

Com o avanço da inteligência artificial, é normal a maioria das pessoas sentirem medo de serem substituídas por elas e por isso, acabarem perdendo o emprego.  Afinal, se a tecnologia é capaz de exercer o mesmo ofício que um ser humano, a mão de obra humana pode se tornar desnecessária.

Só que, para alegria dos profissionais, nem todas as profissões poderão dispensar o trabalho humano. Sam Altman, o criador do ChatGPT, disse quais são as 34 profissões que nunca poderão ser substituídas por nenhuma IA. Quem sabe a sua não está entre elas?

Saiba quais são as 34 profissões que não poderão ser substituídas pela Inteligência artificial. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia)

Conheça as 34 profissões que a inteligência artificial não poderá substituir

Segundo o criador do chatGPT, Sam Altman, essas são as 34 profissões que não terão a mão de obra humana substituída pela inteligência artificial:

  • Pedreiros, fabricantes de blocos, pedreiros, assentadores de azulejos e marmoristas;
  • Pedreiros de cimento e finalizadores de concreto;
  • Ajudantes de carpintaria;
  • Ajudantes de encanador, encanadores, encanadores e vaporizadores;
  • Ajudantes de cobertura;
  • Atletas esportivos e competidores;
  • Mergulhadores;
  • Cozinheiros de fast food;
  • Cortadores e podadores manuais;
  • Cortadores e aparadores de carnes, aves e peixes;
  • Fabricantes de moldes de fundição e machos;
  • Instaladores e reparadores de linhas elétricas;
  • Instaladores e reparadores de vidros de veículos;
  • Açougueiros e embaladores de carne;
  • Mecânica de ônibus e caminhões;
  • Mecânicos de motocicletas;
  • Cabeleireiros;
  • Operadores de máquinas de pavimentação, recapeamento e asfalto;
  • Operadores de trilhadeiras;
  • Operadores de extração de petróleo e gás;
  • Operadores de plataformas de petróleo e gás;
  • Torneiros de telhado na indústria de mineração;
  • Estucadores, instaladores e finalizadores de drywall, estucadores e estucadores.

As profissões que envolvem trabalho físico e um certo grau de destreza estão a salvo. Basicamente são trabalhos manuais qualificados, que necessitam que um ser humano execute.

Já os trabalhos mais  prejudicados são aqueles relacionados à escritório e ensino, de modo geral, incluindo redatores, escritores, professores, além de matemáticos, engenheiros, web designers e muitos outros.

Veja mais: Curso GRATUITO e a distância sobre Inteligência Artifical: estude a área mais promissora da atualidade!

Algumas informações importantes sobre a inteligência artificial

Desde seu lançamento em novembro de 2022, as pessoas têm usado o AI chatbot ChatGPT para uma variedade de tarefas, como escrever redações de nível universitário e gerar códigos de programação.

Em 21 de março de 2023 foi criado pelo Google, o Bard, concorrente do chatGPT.

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia e da OpenAI descobriram que alguns empregos executivos e que exigem qualificação , com salário de até US$ 80 mil (R$ 403,5 mil) por ano,  são os mais prováveis ​​de serem afetados pela automação da força de trabalho.

A IA generativa não é perfeita: tanto a OpenAI quanto o Google admitem que suas ferramentas às vezes dão respostas incorretas e tem outras falhas. A base de dados do ChatGPT, por exemplo, se restringe aos conhecimentos produzidos até 2021, e o Bard, por sua vez, tem uma limitada retenção da conversa com o usuário.

Um recente relatório do banco Goldman Sachs estima que 300 milhões de empregos podem ser afetados pela IA generativa, o que significa que 18% do trabalho globalmente pode ser automatizado. Nesse processo, países economicamente mais avançados serão mais impactados do que os mercados emergentes.

Veja mais: Inteligência Artificial pode se tornar um grande PERIGO; confira o ALERTA dos especialistas