Procurando emprego? Veja quais PROFISSÕES melhor remuneram no Brasil

Para quem está pensando em investir em uma nova área profissional, vale a pena verificar quais são os profissionais mais bem pagos no Brasil de acordo com uma pesquisa feita recentemente.

Se você está pensando em começar em uma nova área profissional ou vai encontrar no mercado de trabalho agora, vale a pena levar em consideração quais são os empregos que oferecem as melhores remunerações no Brasil. Os trabalhos em questão oferecem excelentes oportunidades e prometem ter um grande crescimento nos próximos anos. 

Atualmente, as áreas do mercado que mais dão dinheiro certamente são aquelas ligadas à tecnologia. No entanto, caso você não possua tenha desejo em seguir esta área, não se preocupe! Isso porque existem outras profissões que fazem parte de outras modalidades de conhecimento que também são bem remuneradas no Brasil. 

Dessa forma, se você está pensando em investir em uma nova profissão, confira a seguir quais são os profissionais mais bem pagos no Brasil hoje em dia!

Os profissionais mais bem pagos do Brasil atualmente. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

As profissões mais bem remuneradas do Brasil atualmente

Recentemente, foi feito um levantamento que utilizou como base as 126 profissões listadas na Pnad Contínua do IBGE  (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A pesquisa utilizou como filtros os trabalhadores que atuam no setor privado e possuem ensino superior. Esses profissionais fazem parte das ocupações mais bem pagas atualmente, ou seja, o seu rendimento é acima da média do trabalhador atual (R$ 2.836). 

O estudo foi feito tomando como base comparativa o segundo semestre de 2012 e o segundo trimestre deste ano. De acordo com o levantamento, apenas 4 das 17 ocupações mais bem pagas no país contaram com valorização salarial no comparativo com 2012. Os desenvolvedores de página de internet e multimídia ainda apresentaram o maior aumento médio, maior que 90%. 

Já os matemáticos, estatísticos e atuariais, por sua vez, somaram 50% de alta. Os desenvolvedores de programas, por sua vez, registraram 39% de aumento e desenhistas e administradores de base de dados, 30%. Vale enfatizar que quase todas profissões que passaram a pagar mais são as da área de TI. 

A pesquisadora responsável por conduzir o estudo ressalta que a procura por profissionais de tecnologia da informação é crescente, contudo, a quantidade de trabalhadores com esse conhecimento ainda é baixa. A tendência é que o empregador passe a oferecer um salário mais alto com o intuito de atrair esses profissionais. 

Confira também: Estas ações podem CANCELAR o CNPJ do MEI e acabar com a profissão do autônomo; atente-se!

Profissões tradicionais registram queda no salário

Apesar de ainda apresentarem excelentes salários, os profissionais registram queda no salário médico. O rendimento dos engenheiros químicos, por exemplo, apresentou uma redução de 52% entre os anos de 2012 a 2023. Na mesma linha, os engenheiros civis e economistas contaram com uma redução de 41% a 39% nos seus salários. 

Além disso, a recessão econômica da década passada pesou os salários. De acordo com os especialistas, a crise iniciada em 2014 foi um dos principais fatores que explicam a queda nas remunerações médias, assim como a onda do desemprego que ocorreu durante a pandemia. Os especialistas enfatizam ainda que a troca assinada pelo trabalho autônomo também sucedeu na queda dos salários. 

Saiba mais: NOVO salário mínimo revelado? Descubra QUANTO você pode começar a receber dentro de 70 dias