Presidente pode liberar 4ª parcela do Auxílio Emergencial em Julho

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Presidente pode liberar 4ª parcela do Auxílio Emergencial em julho – Confira mais detalhes sobre como esse benefício pode ser disponibilizado em todo o Brasil!

É muito provável que você conheça alguém ou até mesmo venha recebendo recebendo o benefício de R$ 600,00. Isso porque cerca de 53 milhões de brasileiros tiveram cadastro aprovado: a boa notícia é que pode ser liberada a 4ª parcela do Auxílio Emergencial!

O próprio presidente Jair Bolsonaro falou sobre isso e afirmou que é possível que aconteça a continuação do benefício. Algumas mudanças, porém, seriam necessária de acordo com a equipe econômica do Governo Federal. 

A seguir vamos falar um pouco mais sobre isso. Confira e saiba exatamente o que foi dito pelo presidente e como poderão acontecer essas renovações das parcelas para esses milhões de beneficiários. 

Presidente pode liberar 4ª parcela do Auxílio Emergencial em Julho
Imagem: Divulgação

Auxílio Emergencial vai continuar?

Primeiramente, é oficial que o Auxílio Emergencial vai continuar? Isso é o que tudo indica de acordo com uma entrevista do próprio presidente da República em uma entrevista à rádio Jovem Pan. 

Confira também outros 7 Auxílios que o Governo Federal está oferecendo durante a Pandemia!

Segundo Bolsonaro, é possível que venha por aí não apenas a 4ª parcela do Auxílio mas até mesmo uma 5ª parte do benefício! Seguindo o calendário normalmente, o presidente prevê que essa próxima parcela já aconteça em julho. 

Mas mesmo antes de definir oficialmente isso, o presidente contou que é possível que o valor da quarta parcela do Auxílio seja menor. Em entrevista ele falou entre R$ 200,00 ou R$ 400,00 mas não existe ainda uma definição pronta. 

Quarta Parcela do Auxílio Emergencial

Nas palavras do próprio Jair Bolsonaro a quarta parcela do Auxílio Emergencial foi conversada com Paulo Guedes, ministro da Economia. Segundo ele, foi pensado que deverá ser necessária uma ‘amortecida’. 

Falando sobre isso foi confirmado que “vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600”. Por ainda não estar certo, o presidente disse: “não sei quanto vai ser, R$ 300,00 ou R$ 400,00”, completou Bolsonaro. 

Foi nesse momento da entrevista que confirmou que pode haver a quinta parcela que “talvez seja de R$ 200,00 ou R$ 300,00”. Essa seria uma medida justamente para haver uma rotatividade no mercado e paga o bem da economia nacional. 

Por fim, Bolsonaro confirmou que o Auxílio de R$ 600 não vai continuar nesse valor por causa das contas públicas. Ele disse ainda que não há espaço para gastar mais de R$ 110 bilhões já que isso impactaria diretamente na dívida no Tesouro.

Como saber se estou no CadÚnico? Saiba como Identificar se você já possui o nome no Cadastro Único!

Saque 4ª Parcela Auxílio Emergencial

Por fim, o saque da 4ª parcela do Auxílio Emergencial é uma possibilidade também porque o próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre isso. Ele comentou que é possível estender os pagamentos. 

Para prorrogar o Auxílio Emergencial, porém, seria necessário reduzir os valores. O ministro falou em R$ 200,00 mas ainda não foi definido especificamente um valor e isso deve ser divulgado em breve. 

Confira também como vai ser divulgada a lista de beneficiários do Auxílio Emergencial e quem teve o pagamento irregular: https://pronatec.pro.br/pagamento-irregular-auxilio-emergencial/

 

Leia Também