Possível correção da tabela do IR isentaria quase 30 milhões de brasileiros; e agora?

Mostramos tudo que você precisa saber sobre a potencial correção da tabela do IR! Será que você está entre os brasileiros que podem ser beneficiados?

O Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) é um tema que sempre gera discussões acaloradas no Brasil, principalmente quando se fala em isenção e carga tributária.

Recentemente, um dado surpreendente veio à tona: cerca de 29,1 milhões de contribuintes estariam isentos do IRPF se a tabela do imposto fosse corrigida. Esta possível mudança, sugerida pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco), traz à luz o debate sobre a justiça e eficácia do sistema tributário brasileiro.

Possível correção da tabela do IR isentaria quase 30 milhões de brasileiros; e agora? Crédito: Pronatec
Possível correção da tabela do IR isentaria quase 30 milhões de brasileiros; e agora? Crédito: Pronatec

Entendendo a Tabela do IRPF

O Imposto de Renda é calculado com base em uma tabela progressiva, onde as alíquotas aumentam conforme a renda do contribuinte.

Atualmente, quem ganha até R$ 2.112 está isento de pagar o IR. No entanto, este valor está defasado se considerarmos a inflação acumulada nas últimas décadas.

Veja também: Faixa de isenção do Imposto de Renda recebe aumento e você pode ter sido beneficiado: confira!

A defasagem da Tabela do IR e seus efeitos

Segundo o Sindifisco, a defasagem média da tabela do IRPF atingiu incríveis 149,56%, tendo como base o IPCA de 2023, que fechou em 4,62%.

Esse descompasso entre a inflação e a atualização da tabela do IR significa que os contribuintes estão pagando mais imposto do que deveriam, um fenômeno agravado pela não correção das demais faixas de renda em 2023.

Correção da tabela e atualização das alíquotas

Um dos pontos mais impactantes dessa análise é que muitos contribuintes atualmente sujeitos à alíquota máxima de 27,5% sequer deveriam estar pagando o IRPF.

Com a correção integral, apenas quem ganha mais de R$ 4.899,69 estaria sujeito ao imposto, iniciando com a alíquota de 7,5%.

Quantos brasileiros estão isentos do IR?

Hoje, aproximadamente 14,6 milhões de brasileiros estão isentos do IRPF. No entanto, se a tabela fosse totalmente corrigida pela inflação acumulada desde 1996, esse número dobraria, alcançando 29,1 milhões de contribuintes.

A mudança representaria um avanço significativo na desoneração fiscal da população de menor renda, trazendo um impacto bastante positivo para quem mais precisa.

Além disso, a análise do Sindifisco levanta questões cruciais sobre equidade e justiça fiscal no Brasil. A defasagem da tabela do IRPF não apenas impõe uma carga tributária injusta sobre muitos brasileiros, mas também reflete as discrepâncias e desafios do sistema tributário do país.

Veja também: Imposto de Renda vai passar por 3 viradas em 2024: saiba tudo sobre a nova tabela de descontos, isenção e mais

Um caminho para a equidade fiscal

A possível correção da tabela do IRPF e a consequente isenção de quase 30 milhões de brasileiros do pagamento do imposto abrem um importante debate sobre a reforma tributária no Brasil.

Esta mudança pode ser um passo crucial para alcançar um sistema mais justo e equitativo, onde a carga tributária esteja alinhada com a realidade econômica dos cidadãos. Afinal, a justiça fiscal é um pilar essencial para o desenvolvimento social e econômico de uma nação.