Saiba o que pode acontecer se você NÃO DECLARAR o Imposto de Renda; CPF é negativado?

Posso me prejudicar caso não entregue a declaração do Imposto de Renda? Saiba mais sobre o assunto para tirar suas dúvidas.

Declarar o Imposto de Renda é muito importante, caso contrário isso pode gerar sérios problemas. Uma vez que o contribuinte se enquadre nos requisitos para declarar o imposto, ele tem que ficar atento ao prazo determinado pela Receita Federal senão sofrerá com as consequências.

Para os contribuintes que vão declarar em 2023 logo a Receita Federal abrirá o período de entrega. Haja vista, que o procedimento deve ser cumprido por aqueles aqueles que se encontram enquadrados pelo fisco. Se você tem dúvidas sobre o que pode acontecer caso não declare o IR, basta continuar a leitura para saber.

Saiba o que pode acontecer se você NÃO DECLARAR o Imposto de Renda; CPF é negativado?
Já declarou o seu Imposto de Renda? Cuidado para não esquecer o prazo e ter o CPF negativado!

Se eu não declarar Imposto de Renda, o que acontece?

Em geral, o contribuinte que não entregar a delação do IR pode sofrer algumas penalidades. Por isso, é preciso twr atenção nos prazos determinados pela Receita Federal. No entanto, sabemos que imprevistos acontecem e por um motivo ou outro o contribuinte pode esquecer de realizar o procedimento.

Embora não seja indicado passar do prazo, o declarante ainda pode optar por fazer a regularização no site oficial da Receita, no nosso último tópico você vai saber melhor como acessa-lo. Quanto às penalidades que o contribuinte pode sofrer caso nao declare o IR, basta verifica-las logo abaixo: 

Pagar Multa

A primeira consequência é o pagamento de multa de R$ 165,74. Uma vez que o declarante passe do prazo do pagamento. Lembrando que esta é a quantia mínima cobrada aos contribuintes, tanto de impostos a pagar ou restituir. Normalmente a multa é de 1% ao mês sobre o valor do imposto e seu limite máximo é de 20%.

CPF ficará em situação irregular 

Outra consequência será no seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) que pode ficar irregular. Quando o contribuinte não entrega a declaração do Imposto de Renda e também não paga a multa, essa situação fica registrada no CADIN (Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais). 

Sendo assim, quando é feita uma consulta no CPF do contribuinte aparecerá a informação: “pendente de regularização”. Neste caso, a pessoa terá impedimentos para realizar e contratar serviços financeiros, como: cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, solicitar passaporte e outros.

Registro de Sonegação Fiscal

A consequência mais grave quando a declaração do IR não é feita é a avaliação de movimentações financeiras. Sendo assim, a Receita Federal pode cancelar o CPF do contribuinte quando se tratar de sonegação fiscal. Além disso, o contribuinte pode ser preso e a punição pode chegar a até dois anos.

Posso declarar o IR depois do prazo?

Através do sistema da Receita Federal no endereço: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda e depois preencher as informações necessárias para entregar a declaração mesmo que esteja em atraso. 

Após o envio, será gerado um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) que é por onde a multa deve ser paga. Contudo, a quitação deve ser feita em até 30 dias após a emissão para ter validade. Por fim, a comprovação da declaração do Imposto de Renda pode ser emitida pelo computador ou pelo celular. 

Saiba mais: Novo PRESENTE para cidadãos que declaram o Imposto de Renda; saiba do que se trata