PIS/Pasep tem destino decidido? Descubra se você já pode receber o novo abono salarial

O pagamento do PIS/Pasep ocorre todos os anos para aqueles que estão dentro de regras um tanto rígidas. Neste mês, por exemplo, já ocorre entrega dos valores.

O PIS/Pasep, programas emblemáticos financiados por contribuições empresariais, estão no coração do desenvolvimento nacional.

Em suma, os pagadores estão promovendo a integração dos trabalhadores brasileiros através de benefícios significativos, como o abono salarial.

Recentemente, o governo federal trouxe boas notícias para os trabalhadores. Ele anunciou o início do calendário de pagamentos para 2024, atrelado ao ano-base 2022, com um novo valor que promete trazer alegria e alívio financeiro. Confira!

Você já sabe se vai poder receber ou não o pagamento do PIS/Pasep? Veja a seguir as regras do benefício!
Você já sabe se vai poder receber ou não o pagamento do PIS/Pasep? Veja a seguir as regras do benefício! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quem tem direito ao PIS/Pasep em 2024?

Para ter direito ao abono salarial PIS/Pasep 2024, o trabalhador precisa cumprir três critérios essenciais: estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado formalmente por no mínimo 30 dias no ano-base 2022 e não ter recebido mais que dois salários mínimos por mês em média.

Essas condições garantem que o benefício alcance aqueles que contribuíram para o desenvolvimento econômico do país, ao mesmo tempo em que oferecem um suporte financeiro adicional a quem possui renda mais baixa.

A iniciativa do governo de ajustar o valor do abono proporcionalmente aos meses trabalhados reflete o esforço para promover justiça e equidade entre os trabalhadores brasileiros, assegurando que todos os elegíveis possam se beneficiar desse direito.

Novo valor: mais benefícios a caminho

O valor do abono é calculado proporcionalmente ao tempo de serviço no ano-base, com cada mês trabalhado valendo R$ 117,67.

Dessa forma, aqueles que trabalharam o ano completo podem esperar receber um salário mínimo completo, atualmente fixado em R$ 1.412. Confira os valores totais:

Meses TrabalhadosValor Recebido
1 mêsR$ 117,67
2 mesesR$ 235,33
3 mesesR$ 353,00
4 mesesR$ 470,65
5 mesesR$ 588,32
6 mesesR$ 706,00
7 mesesR$ 823,66
8 mesesR$ 941,33
9 mesesR$ 1.059,00
10 mesesR$ 1.176,68
11 mesesR$ 1.294,34
12 mesesR$ 1.412,00

Calendário de saques do PIS/Pasep: planeje-se!

Os pagamentos do PIS são distribuídos conforme o mês de nascimento do beneficiário, enquanto os do Pasep seguem o último dígito do número de inscrição. O calendário estabelece datas específicas de início para cada grupo, começando em 15 de fevereiro de 2024.

PIS

Nascidos emRecebem a partir de
janeiro15/02/2024
fevereiro15/03/2024
março15/04/2024
abril15/04/2024
maio15/05/2024
junho15/05/2024
julho17/06/2024
agosto17/06/2024
setembro15/07/2024
outubro15/07/2024
novembro15/08/2024
dezembro15/08/2024

Pasep

Final do NISRecebem a partir de
015/02/2024
115/03/2024
2 e 315/04/2024
4 e 515/05/2024
6 e 715/06/2024
815/07/2024
915/08/2024

Fique de olho nos pagamentos

Este panorama do PIS/Pasep 2024 não apenas destaca o comprometimento do governo em apoiar os trabalhadores brasileiros, mas também sublinha a importância de se manter informado sobre os direitos e benefícios.

Com novos valores em jogo e um calendário bem definido, é crucial que todos os beneficiários elegíveis se preparem para aproveitar essa oportunidade.

Lembre-se: esses trabalhadores não recebem o PIS/Pasep

Trabalhadores sem direito ao PIS/Pasep incluem autônomos, empregadores (aqueles que contratam funcionários), trabalhadores rurais empregados por pessoa física sem fins lucrativos, domésticos sem registro formal e aqueles com renda mensal superior a dois salários mínimos.

Também estão excluídos profissionais que não estiveram empregados com carteira assinada ou não atenderam aos requisitos mínimos. A exemplo: o período de atividade remunerada durante o ano-base ou o tempo mínimo de cadastro no programa.

Veja mais: Caixa Tem e o Bolsa Trabalho de R$ 540: você pode ter direito e não sabe