PIS/Pasep confirma saque para quem trabalhou registrado em 2022; saiu AGORA (05/04)

Milhões de trabalhadores brasileiros podem agora consultar e sacar o valor do abono salarial PIS/PASEP referente ao ano de 2022, marcando um momento crucial de apoio financeiro.

Cerca de 24 milhões de trabalhadores brasileiros que estiveram empregados com carteira assinada em 2022 ganharam a oportunidade de verificar o valor de seu abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

Essa iniciativa, disponibilizada através do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital e do portal gov.br, visa não apenas fornecer um suporte financeiro necessário mas também promover uma maior inclusão digital e facilitar o acesso aos direitos trabalhistas.

PIS/Pasep confirma saque para quem trabalhou registrado em 2022; saiu AGORA (05/04)
Veja como sacar PIS/PASEP. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como posso consultar o valor do meu abono salarial PIS/PASEP de 2024?

Para consultar o valor do seu abono salarial PIS/PASEP para o ano de 2024, você pode seguir estes passos:

  1. Baixe o Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital: O aplicativo está disponível na Google Play Store para dispositivos Android e na Apple App Store para dispositivos iOS.
  2. Faça o Login no Aplicativo: Utilize suas credenciais de acesso para entrar no aplicativo. Caso seja seu primeiro acesso, você precisará seguir as instruções para criar uma conta, fornecendo suas informações pessoais, como CPF e data de nascimento.
  3. Procure pela Opção de Consulta do Abono Salarial: Dentro do aplicativo, navegue até a seção destinada à consulta de benefícios trabalhistas, onde você encontrará a opção para consultar o abono salarial PIS/PASEP.
  4. Insira Suas Informações Pessoais: Você precisará fornecer algumas informações pessoais, como seu CPF e data de nascimento, para prosseguir com a consulta.
  5. Visualize o Valor do Abono Salarial: Após o processamento das informações, o aplicativo exibirá o valor do seu abono salarial referente ao ano de 2024.

Veja também: Passo a passo para receber o PIS Pasep 2024 de forma adiantada

Qual é o calendário de pagamento do PIS/PASEP para 2024?

O pagamento do abono salarial PIS/PASEP para o ano de 2024 iniciou em 15 de fevereiro e está programado para ser concluído em 15 de agosto, seguindo um calendário baseado no mês de nascimento dos beneficiários do PIS e no número de inscrição para os beneficiários do PASEP.

Esse esquema de pagamentos escalonados visa a uma distribuição organizada e eficiente do abono, facilitando o acesso dos trabalhadores ao benefício.

Para quem recebe o PIS, os pagamentos são distribuídos de acordo com o mês de nascimento, enquanto para os beneficiários do PASEP, considera-se o dígito final do número de inscrição.

Essa estratégia de pagamento assegura que todos os trabalhadores elegíveis, que cumpriram os requisitos necessários e trabalharam com carteira assinada no ano de 2022, recebam seu abono dentro do período estipulado, proporcionando um suporte financeiro essencial.

Veja também: PIS Pasep 2024 vai MUDAR? Confira a decisão do governo!

Quem tem direito ao abono salarial PIS/PASEP?

Para ter direito ao abono salarial PIS/PASEP, os trabalhadores devem atender aos seguintes critérios estabelecidos pelo governo:

  1. Inscrição no PIS/PASEP: Estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) para trabalhadores da iniciativa privada ou no PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) para servidores públicos, por pelo menos 5 anos.
  2. Trabalho Formal: Ter trabalhado formalmente, com carteira assinada, por no mínimo 30 dias no ano-base considerado para a apuração, que neste caso é o ano de 2022.
  3. Remuneração Mensal: Ter recebido, em média, até dois salários mínimos de remuneração mensal durante o período de trabalho no ano-base.
  4. Dados Atualizados na RAIS/eSocial: Ter seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial, conforme o caso, referente ao ano-base.

Veja também: PIS e o repasse de R$ 1,5 mil em 2024; talvez você possa ter direito e não sabe