Pessoas que moram sozinhas podem ter acesso a TODOS ESTES benefícios do governo: veja a lista COMPLETA!

O governo possui benefícios específicos para ajudar brasileiros em situação de vulnerabilidade, mesmo que eles morem sozinhos.

Você sabia que quem mora sozinho pode ter direito a uma série de benefícios oferecidos pelo governo? Muitas vezes, essas vantagens passam despercebidas, mas podem fazer uma grande diferença no orçamento mensal.

Se você vive só, descubra agora como acessar esses benefícios exclusivos e comece a aproveitar hoje mesmo! Basta fazer o cadastro no sistema do governo.

Se você mora sozinho, veja quais benefícios pode receber com ajuda do governo federal.
Se você mora sozinho, veja quais benefícios pode receber com ajuda do governo federal. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Benefícios do governo para quem mora sozinho

Antes de conhecer a lista de benefícios, é essencial saber que eles são concedidos aos inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).

Portanto, se você já possui número NIS, mantenha seus dados sempre atualizados. A desatualização cadastral é uma das principais razões para a não concessão ou suspensão de benefícios. Confira quais são os benefícios.

Saiba mais: Atualização do Bolsa Família 2024: descubra os novos valores e o calendário de pagamentos de maio

Desconto na conta de luz

Um dos principais benefícios para quem mora sozinho é a redução na conta de luz, oferecida através do programa Tarifa Social.

Os descontos são aplicados de acordo com o consumo mensal da residência e são destinados a pessoas com renda mensal igual ou menor a meio salário mínimo por pessoa, ou seja, R$ 706.

Os descontos variam conforme o consumo mensal:

  • 65% de desconto para consumo mensal entre 0 e 30 kWh
  • 40% de desconto para consumo mensal entre 31 e 100 kWh
  • 10% de desconto para consumo mensal entre 101 e 220 kWh

Para residências com consumo mensal acima de 221 kWh, não há descontos.

Descontos para famílias quilombolas e indígenas

As famílias quilombolas e indígenas têm direito a descontos diferenciados:

  • 100% de desconto para consumo mensal até 50 kWh
  • 40% de desconto para consumo mensal entre 51 e 100 kWh
  • 10% de desconto para consumo mensal entre 101 e 220 kWh

Isenção na taxa de inscrição de concursos

Outra vantagem para quem possui o número NIS é a isenção da taxa de inscrição em processos seletivos. Esse benefício está disponível em praticamente todas as seleções federais, estaduais ou municipais.

É importante verificar as regras específicas de cada seleção para garantir a isenção. Vale destacar que alunos têm isenção no pagamento das taxas do Enem também.

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

O BPC é destinado a pessoas com mais de 65 anos ou com deficiência de longa duração (mais de 2 anos) que não têm condições de se manter.

Para ter acesso ao benefício, é necessário ter uma renda mensal igual ou menor que 1/4 do salário-mínimo, ou seja, R$ 353.

O BPC pode ser solicitado pela internet, através do site Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/). Com esse benefício, os brasileiros recebem mensalmente o valor de um salário-mínimo, atualmente R$ 1.412.

O pagamento é feito pelo INSS, e não é necessário ter contribuído para a Previdência para receber o benefício.

Auxílio-Gás

O Auxílio-Gás é pago a cada dois meses e cobre o valor total de um botijão de gás de cozinha de 13kg. Para receber o benefício, é necessário ser uma pessoa em situação de vulnerabilidade social.

O pagamento do auxílio será retomado no próximo mês de junho, mas em maio algumas pessoas o receberão de forma antecipada.

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de distribuição de renda em que os beneficiários recebem, no mínimo, R$ 600 mensais. O valor pago é baseado na composição familiar.

Atualmente, há uma proposta em tramitação que visa garantir o recebimento de R$ 1.200 mensais para mães solo, mas que ainda precisa passar pela tramitação.

Como acessar todos os benefícios?

Para acessar esses benefícios, siga os passos abaixo:

  1. Inscreva-se no CadÚnico: Se você ainda não está inscrito, procure um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo e faça seu cadastro.
  2. Mantenha seus dados atualizados: Verifique regularmente se suas informações no CadÚnico estão corretas e atualizadas.
  3. Consulte os programas disponíveis: Acesse os sites oficiais dos programas para verificar sua elegibilidade e os documentos necessários para cada benefício.
  4. Solicite os benefícios: Utilize os canais oficiais, como o site do Meu INSS para o BPC, ou entre em contato com as concessionárias de serviços públicos para descontos em contas.

Não perca seus direitos!

Morar sozinho pode trazer alguns desafios financeiros, mas com a ajuda dos benefícios oferecidos pelo governo, é possível aliviar um pouco essa carga.

Desde descontos na conta de luz até isenção de taxas de inscrição em concursos e apoio financeiro através do BPC e Auxílio-Gás, existem várias formas de obter suporte.

Mantenha-se informado, mantenha seus dados atualizados e aproveite os benefícios que você tem direito.

Acompanhe mais: Pagamento de R$ 600 do Bolsa Família vai ACABAR? Quanto posso receber?