PÉSSIMA notícia do INSS para brasileiros: pagamento ATRASADO?

Uma péssima notícia chegou para os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social. Se você recebe algum benefício do órgão, fique bastante atento a esta informação.

Realmente há pagamento atrasado do INSS? Qual é a péssima notícia que chegou para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)? Se você faz parte deste grupo, não deixe de conferir todas as informações em torno deste assunto que serão mostradas neste texto. Fique bem atento!

A péssima notícia chegou no último dia 29 de agosto para os aposentados e pensionistas. Além disso, esta informação deverá afetar a vida de milhares de beneficiários. Vem saber!

PÉSSIMA notícia do INSS para brasileiros: pagamento ATRASADO?
Vem saber qual é esta péssima notícia envolvendo o INSS Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Pagamento atrasado do INSS: entenda como isso poderá acontecer

Sim, a péssima notícia é de que poderá haver a falta de pagamento do benefício para milhares de segurados do instituto. Isso poderá ocorrer porque mesmo diante da diminuição de filas do INSS, mais de 7 milhões de pessoas em todo o Brasil ainda estão esperando a liberação de benefícios, como aposentadoria e pensão por morte, por exemplo.

De acordo com o que foi divulgado pelo portal UOL, o tempo médio que há entre a entrada do pedido e a posterior liberação é geralmente de 70 dias. No entanto, alguns estados brasileiros levam até cinco meses para liberar o benefício, o que faz com que muitas pessoas deixem de receber os valores aos quais têm direito.

Há casos, inclusive, em que o pedido está com um atraso de mais de um ano. Um dos casos citados pelo UOL foi de um idoso de 66 anos, que é empreendedor. Ele contribuiu corretamente com o INSS por 17 anos e está na espera da sua aposentadoria, que ainda não foi liberada. Este idoso entrou com o pedido no mês de junho do ano passado – ou seja, mais de um ano esperando.

Este é apenas um dos muitos exemplos ao redor do Brasil, já que podem haver casos muito piores. É importante ainda afirmar que se você está se sentindo prejudicado de alguma forma, o ideal é que você busque um profissional especialista, como um advogado, para buscar mais informações sobre o assunto ou mesmo entrar na Justiça para pedir a aceleração na análise do pedido da aposentadoria.

Veja também: CUIDADO: o INSS pode CORTAR seu benefício por causa destes motivos

Esta demora também ocorria em anos anteriores? Entenda como era

Também de acordo com o que foi noticiado por meio do portal UOL, no ano de 2013, mais precisamente no mês de junho, a espera era muito menor: a média era de 23 dias e não de 70 – e muito menos de um ano -, como ocorre atualmente. Portanto, era muito mais fácil que os benefícios fossem liberados.

Naquele ano, o Instituto Nacional do Seguro Social concedeu em torno de 419 mil benefícios. Porém, mesmo diante da demora, no mesmo período deste ano, em junho de 2023, foram liberados mais de 459 mil benefícios – ou seja, foram muito mais liberações. Por fim, é necessário informar que, para solicitar a aposentadoria, o segurado deverá fazer o pedido por meio do app do Meu INSS ou no site https://meu.inss.gov.br/#/login.

Saiba mais: CHEGA DE ESPERA! Saiba como agilizar a sua aposentadoria no INSS