Passo a passo para ANTECIPAR 5 parcelas do seu Fundo de Garantia: faça tudo pela internet!

Antecipação pode ser solicitada como uma forma de empréstimo pelos trabalhadores que fizeram a solicitação da modalidade de saque-aniversário.

0

Você sabia que é possível antecipar cinco parcelas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em uma das modalidades de saque que a Caixa Econômica Federal oferece? Se você está precisando desse dinheiro e não sabe como fazer, fica aqui que vamos te ensinar o passo a passo.

Os saques antecipados poderão ser feitos devido a uma atualização no serviço. Recentemente, a Caixa anunciou a liberação da antecipação de mais parcelas do FGTS. Anteriormente, só era possível antecipar até três saques do Fundo de Garantia. Isso já beneficiou mais de 2,3 milhões de pessoas. Destas, mais de 1 milhão eram negativadas. E, com a liberação, cerca de R$ 15 bilhões foram injetados na economia do país.

Passo a passo para ANTECIPAR 5 parcelas do seu Fundo de Garantia: faça tudo pela internet!
Saiba como antecipar as parcelas do FGTS Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como é possível antecipar as parcelas do FGTS?

A modalidade que permite o saque antecipado de cinco parcelas é o saque-aniversário. Com isso, o primeiro passo para poder ter esse dinheiro na conta é aderindo à modalidade. Normalmente, o saque-aniversário é pago uma vez ao ano ao trabalhador que optou por este tipo de saque, sempre no mês do aniversário dele.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a antecipação das cinco parcelas funciona como uma espécie de empréstimo. Para isso, basta o beneficiário habilitar que a Caixa receba a parcela da modalidade quando for liberada nos anos seguintes.

O procedimento pode ser feito totalmente via internet, por meio do aplicativo da Caixa ou do FGTS, que está disponível nos sistemas Android e iOS. Uma informação importante é que não precisa estar com o nome limpo para solicitar a antecipação das parcelas do FGTS. Isso porque a Caixa não consulta o SPC ou o Serasa. Apenas é preciso que o cliente tenha saldo nas contas do Fundo de Garantia.

A adesão ao saque-aniversário deve ser realizada pelo trabalhador por meio do aplicativo FGTS, no site fgts.caixa.gov.br, no Internet Banking Caixa ou até nas agências da instituição bancária. É importante informar que quem opta por este tipo de saque não tem direito ao saque-recisão em casos de demissão sem justa causa.

Veja também: Já tem DATA para SACAR o FGTS em 2023? Confira todas as modalidades disponíveis

Como é feito o cálculo do saque-aniversário do FGTS?

Em linhas gerais, o cálculo é feito com base no valot total que o trabalhador tem disponível nas contas vinculadas ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Além disso, também é possível acrescentar uma parcela adicional.

Por exemplo, se o trabalhador tem de R$ 500,01 a R$ 1 mil, o percentual de retirada é de até 40% do valor, com mais uma parcela adicional de R$ 50. Se o valor nas contas do FGTS for de R$ 1.000,01 a R$ 5 mil, o percentual de retirada é de 30%, com mais uma parcela adicional de R$ 150.

Se o valor foi acima dos R$ 20 mil nas contas do FGTS, o percentual de retirada é de 5%, com mais uma parcela adicional de R$ 2,9 mil. Para aderir à modalidade do saque-aniversário, o trablhador deve acessar o Internet Banking da Caixa e clicar na opção “crédito”.

Em seguida, o trabalhador deverá selecionar a opção “antecipação do saque-aniversário”. Com isso, um pré-contrato será gerado. A taxa de juros é a mais baixa para empréstimos destinado a pessoas físicas, de 1,49% ao mês.

Saiba mais: CAIXA aprova o saque do FGTS nestas 15 situações; confira!