Parcelas do Auxílio Gás serão PAGAS aos brasileiros juntamente com o Bolsa Família? Qual será o valor do auxílio?

A mudança no Governo em 2023 está gerando dúvidas na população a respeito de benefícios como o Auxílio Gás e o Bolsa Família. Entenda!

O Auxílio Gás e o Auxílio Brasil (que voltará a ser Bolsa Família) finalizaram seu último calendário de pagamentos de 2022 na última semana. A partir do ano que vem, os dois programas vão passar por mudanças significativas, mas que ainda geram dúvidas em boa parte da população.

Parcelas do Auxílio Gás serão PAGAS aos brasileiros juntamente com o Bolsa Família? Qual será o valor do auxílio?
A mudança no Governo em 2023 está gerando dúvidas na população a respeito de benefícios como o Auxílio Gás e o Bolsa Família. Entenda! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Auxílio Gás e Bolsa Família

O Orçamento de 2023 já foi aprovado pelo Congresso Nacional, na quinta-feira, 22 de dezembro. Nele, são revelados os planos do governo para as duas iniciativas. O texto prevê a liberação de R$ 1,5 bilhão para o programa do Auxílio Gás, quantia que será somada aos R$ 2,2 bilhões que já estavam previstos.

Veja também: Bolsa Família em 2023: ampliação do programa, pente-fino e mais novidades EXCLUSIVAS

Com os recursos extras, é possível que o governo siga pagando 100% do preço médio para o botijão de gás de 13 quilos a todos os beneficiários a cada dois meses. No início, o benefício ia retomar o valor original de 50% do preço do botijão, já que a proposta que elevava a quantia para 100% tem vencimento em dezembro de 2022.

No entanto, também existem boatos de que a equipe do presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteja avaliando a possibilidade de encerramento do programa, que teria seus recursos utilizados para melhorar o Bolsa Família. Entretanto, é importante frisar que nenhuma informação neste sentido foi confirmada até agora.

Futuro do programa do Auxílio Gás

Considerando as declarações feitas até o momento, tudo leva a crer que os brasileiros vão continuar recebendo o chamado ‘vale-gás nacional’, além do Bolsa Família (antigo Auxílio Brasil) pelos próximos meses. O documento que criou o programa no ano de 2021 prevê a duração do auxílio até o ano de 2026.

Para que receba os depósitos, uma família precisa estar com a inscrição ativa no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal ou possuir entre seus membros uma pessoa que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Atualmente, os valores alcançam quase 5,6 milhões de pessoas.

Orçamento

Além dos recursos extras para o Auxílio Gás, o Congresso também aprovou contas que possibilitam a continuidade do Bolsa Família de R$ 600 no ano de 2023. A quantia também é suficiente para custear um adicional de R$ 150 por criança com até 6 anos de idade prometido por Lula.

Outro ponto relevante que está previsto no texto é sobre o reajuste do salário mínimo em R$ 1.320 a partir de janeiro, e não de R$ 1.302 conforme a proposta de Jair Bolsonaro. O Orçamento estima ainda uma correção salarial de 9% voltada a servidores do Poder Executivo.

Veja também: Famílias que se encaixam NESTE grupo podem ser bloqueadas do Bolsa Família; entenda