Parcelas de R$ 950,00 no Bolsa Família? Entenda a nova medida do Governo!

Entenda como o valor do benefício pode chegar a R$ 950 e quais os requisitos que devem ser cumpridos para que o beneficiário tenha direito a receber este valor.

O governo brasileiro anunciou recentemente mudanças significativas no Bolsa Família, um programa de transferência de renda que visa auxiliar famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. A partir de agora, o benefício pode chegar a R$ 950 para aqueles que cumprirem determinados requisitos. Aqui, você saberá quem terá direito a receber as parcelas de R$ 950 do Bolsa Família.

É importante destacar que entre estas mudanças recentes, o governo federal anunciou o pagamento do acréscimo de R$ 150. Este dinheiro será destinado às famílias com crianças de até seis anos de idade. O objetivo é fazer esse pagamento para até duas crianças por família.

Parcelas de R$ 950,00 no Bolsa Família? Entenda a nova medida do Governo!
Saiba como os beneficiários podem ter acesso a esta parcela Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Condições para receber parcelas de R$ 950 no Bolsa Família

A primeira condição para receber o benefício ampliado é a frequência escolar. Crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos precisam estar matriculados e ter frequência mínima de 85% na escola. Além disso, o governo espera que as famílias incentivem a participação dos filhos em programas de educação complementar, como o Programa Novo Mais Educação.

Outro requisito é a adesão ao programa de saúde da família, que tem como objetivo melhorar o acesso e a qualidade dos serviços de saúde para a população mais vulnerável. O acompanhamento regular das crianças e gestantes é uma das medidas previstas no programa, que pode ajudar a prevenir e tratar doenças precocemente.

Além disso, as famílias devem cumprir as condições impostas pelo Cadastro Único. Isso inclui atualização das informações cadastrais, comprovação de renda, entre outras.

Essas medidas são importantes para garantir que o Bolsa Família cumpra seu objetivo principal de reduzir a pobreza e a desigualdade no Brasil. Ao incentivar a educação e a saúde, o governo está investindo no desenvolvimento humano das famílias beneficiadas e dando a elas mais oportunidades de sair da pobreza.

É importante destacar que o aumento do benefício para R$ 950 é uma medida temporária, válida até o final deste ano. No entanto, o governo já anunciou planos para criar um novo programa social permanente, que deve substituir o Bolsa Família e outros programas de transferência de renda existentes.

Em resumo, as mudanças no Bolsa Família representam um avanço importante na luta contra a pobreza e a desigualdade no Brasil, de acordo com o governo federal. Além disso, o valor pode chegar a R$ 950, somando-se o seguinte: parcela de R$ 600 + R$ 150 para duas crianças, o que resulta em mais R$ 300 + R$ 50 de benefício bônus para as gestantes.

Veja também: Cortes do Bolsa Família são CONFIRMADOS: descubra quem será excluído do programa

Famílias excluídas do programa

Nesse mês de março, o governo federal informou que em torno de 1,5 milhões de famílias serão excluídas do programa por não cumprirem mais com os requisitos. Em contrapartida, outras 700 mil serão incluídas.

Estes novos beneficiários tratam-se de pessoas que estavam na lista de espera e que não haviam sido contempladas no Bolsa Família por falta de orçamento para manter o programa.

Para tirar dúvidas sobre o pagamento ou se você continua ou não no programa, basta baixar o app do benefício e fazer o login com o CPF e a senha. Outra possibilidade é ligar nos telefones 111 da Caixa Econômica e 121 do Ministério do Desenvolvimento Social.

App Bolsa Família Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.bolsafamilia

App Bolsa Família iOS: https://apps.apple.com/br/app/aux%C3%ADlio-brasil-govbr/id1036174679

Saiba mais: Todos os beneficiários receberão o reajuste de R$ 218,00 do Bolsa Família?