Bolsa Família 2023: parcela de novembro será CORTADA pela metade?

Os pagamentos do Bolsa Família iniciaram no último dia 17, sexta-feira. Porém, alguns beneficiários tiveram uma surpresa.

O incentivo do Bolsa Família é melhorar a vida de pessoas que têm poucas oportunidades e baixa renda. O programa sempre teve como objetivo ajudar aqueles que mais precisam, proporcionando um auxílio financeiro para suprir necessidades básicas. No entanto, nos últimos anos, surgiram polêmicas em relação à possibilidade de redução da parcela do benefício para estes beneficiários.

Mudança surpreendente para alguns beneficiários, (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Bolsa Família pela metade?

Nunca foi a intenção do Programa Bolsa Família desestimular as pessoas a conseguirem empregos e aumentarem sua renda familiar. Pelo contrário, o objetivo é justamente auxiliar as famílias que estão em situação de vulnerabilidade a conquistarem melhores condições de vida. No entanto, é compreensível que algumas pessoas tenham receio de perder o benefício ao encontrar oportunidades de trabalho ou aumentar sua renda mensal.

É válido lembrar que o programa tem critérios claros para determinar quem pode recebê-lo e qual o valor do benefício. Portanto, qualquer alteração nas regras deve levar em consideração esses critérios e o impacto que teria na vida das famílias beneficiadas.

Quem pode receber?

O Ministério da Cidadania considera que a renda mensal máxima deve ser de R$218,00 por pessoa da família. E esse é o principal requisito a ser respeitado. O segundo mais importante, é a inscrição no Cadastro Único, que é a porta de entrada para todos os programas sociais do governo federal.

Para estas famílias que tiveram uma mudança na renda familiar, o programa está se dispondo a pagar 50% d benefício. Não podemos generalizar e afirmar que todas as pessoas que melhoraram sua renda familiar serão penalizadas recebendo apenas 50% do benefício. Essa decisão deve ser baseada em critérios objetivos e levar em conta a realidade de cada família.

Para manter tudo da forma mais transparente possível, ao haver qualquer alteração na situação da família, procure um CRAS e tire suas dúvidas!

Veja também: https://pronatec.pro.br/inclusao-de-novos-brasileiros-no-bolsa-familia/

Calendário

Para saber em qual data o seu benefício será repassado, basta observar o último número do seu NIS :

Novembro

  • NIS 1: pago em 17 de novembro;
  • NIS 2: pago em 20 de novembro (antecipação no sábado, 18);
  • NIS 3: pago em 21 de novembro;
  • NIS 4: pago em 22 de novembro;
  • NIS 5: pago em 23 de novembro;
  • NIS 6: pago em 24 de novembro;
  • NIS 7: pago em 27 de novembro (antecipação no sábado, 25);
  • NIS 8: pago em 28 de novembro;
  • NIS 9: pago em 29 de novembro;
  • NIS 0: pago em 30 de novembro.

Dezembro

  • NIS 1: pago em 11 de dezembro (antecipação no sábado, 09);
  • NIS 2: pago em 12 de dezembro;
  • NIS 3: pago em 13 de dezembro;
  • NIS 4: pago em 14 de dezembro;
  • NIS 5: pago em 15 de dezembro;
  • NIS 6: pago em 18 de dezembro (antecipação no sábado, 16);
  • NIS 7: pago em 19 de dezembro;
  • NIS 8: pago em 20 de dezembro;
  • NIS 9: pago em 21 de dezembro;
  • NIS 0: pago em 22 de dezembro.

Veja também: https://pronatec.pro.br/vou-precisar-atualizar-dados-bolsa-familia/