- Publicidade -

Pais solteiros vão precisar fazer inscrição para receber o Auxílio Retroativo em 2022? Veja o valor e a previsão de pagamento

Ainda não há data para o pagamento do auxílio retroativo, mas serão pagos ainda em 2022. Por enquanto, o governo avalia as informações dos possíveis beneficiários por meio do CadÚnico

0

A covid-19 atingiu em cheio o orçamento das famílias brasileiras. Muitos trabalhadores perderam emprego e, consequentemente, a renda. Com mais de 40 milhões de pessoas na extrema pobreza, a economia do país também despenca. O motivo é a perda do poder aquisitivo e o avanço da desigualdade social.

- Publicidade -

Só para se ter uma ideia, o país tem mais de 13 milhões de desempregados. O trabalho informal, que era uma saída para muita gente, também não apresenta bons resultados.

Com isso, homens e mulheres sofrem para arcar com as despesas do lar. A solução encontrada é se inscrever em programas sociais de transferência de renda, promovidos pelo governo federal.

Esse foi caminho escolhido por milhões de famílias que viram a sua renda descer pelo ralo durante a pandemia.

Não há necessidade de fazer inscrição./imagem: Agência Brasil

- Publicidade -

Auxílio emergencial

O auxílio emergencial de R$ 600 e R$ 1.200 (pago às mães chefes de família) foi o que ajudou a melhorar a vida de milhares de brasileiros. Os pagamentos foram iniciados em 2020 e encerrado com valores menores em 2021.

Mas apesar de o benefício ter ajudado muitas pessoas, um questionamento é sempre feito: homens solteiros com filhos têm direito às parcelas de R$ 1.200 reais?

O congresso Nacional entendeu que sim, tanto que aprovou o pagamento retroativo. Porém, o presidente da República vetou o PL. Entretanto, não adiantou tentar barrar, porque o Congresso derrubou o veto.

- Publicidade -

Isso forçou o governo a pagar o retroativo das duas cotas auxílio emergencial para homens que cria seus filhos sozinhos, sem o apoio da mãe.

Porém, mesmo com essa boa notícia alguns pais querem saber: devo fazer alguma inscrição para ter direito ao retroativo?

Essa pergunta que não quer calar tem resposta. Continue lendo para saber.

Veja também: Auxílio permanente de R$ 1.200: Comissão da Câmara aprova o benefício – Veja quem pode receber

- Publicidade -

Devo me inscrever no auxílio retroativo?

Os repasses para o pagamento do retroativo do auxílio emergencial já estão garantidos para este ano, mas ainda não há uma data prevista. Provavelmente no primeiro semestre, mas não está confirmado

A única coisa certa é que os pais poderão resgatar o benefício ainda em 2022.

Esse anúncio tem gerado muitas dúvidas e muitas fakes news. Há gente espalhando pelas redes que é necessário fazer cadastro para ter acesso. Isso não é verdade! Caso você receba algum link para a suposta inscrição, cuidado. Pode ser tentativa de fraude.

- Publicidade -

Segundo o Ministério da Cidadania,  os dados dos possíveis beneficiários estão sendo analisados pelo CadÚnico e por outros bancos de dados do governo. É analisando a situação desses brasileiros que o governo pretende selecionar os pais solteiros que receberão o pagamento retroativo do auxílio emergencial.

Busca ativa pelos beneficiários

Para saber quem tem direito, o governo está buscando dados de homens que tenham filhos menores de 21 anos e que não sejam casados. Além disso, não será possível pagar aos pais solteiros que já tenham alguém  do núcleo familiar recebendo algum benefício do governo.

Essa busca leva um pouco de tempo, porque há necessidade de cruzar os dados. Por isso, ainda não há uma data definida para o pagamento do auxílio emergencial retroativo para homens solteiros com filhos.

Veja também: Como evitar bloqueio no Auxílio Brasil: Atualização no Cadúnico pode bloquear o benefício?

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais