- Publicidade -

Pagamentos do Auxílio para pais solteiros começa em Janeiro? Valor extra de R$ 3.200 vai ser pago em 2022

Dentre os diversos programas sociais, o Governo Federal instituiu o Auxílio Emergencial que foi pago a milhares de brasileiros.

0

Com a pandemia que devastou a vida de milhares de brasileiros, principalmente em aspecto financeiro, o Governo Federal e alguns Estaduais criaram programas sociais para auxiliar seus cidadãos.

- Publicidade -

Dentre os diversos programas sociais, o Governo Federal instituiu o Auxílio Emergencial que foi pago a milhares de brasileiros.

Contudo, a última parcela deste benefício foi paga em outubro deste ano, mas recentemente, por meio de medida provisória, o Governo Federal permitiu o pagamento retroativo destinados aos pais, sendo liberado o valor de R$ 4,1 bilhões.

Pagamentos do Auxílio para pais solteiros começa em Janeiro? Valor extra de R$ 3.200 vai ser pago em 2022
Pai e filho. Imagem: Unicef/BRZ/João Ripper

Pagamentos do Auxílio para pais solteiros começa em Janeiro? Valor extra de R$ 3.200 vai ser pago em 2022

- Publicidade -

O motivo do pagamento retroativo é pelo fato das mães solteiras no ano de 2020 terem recebido o dobro do Auxílio Emergencial, isto é, R$ 1.200 e na época, o presidente vetou o mesmo pagamento para os homens solteiros chefes de família monoparental.

Por causa desse veto, os pais solteiros com filhos pequenos deixaram de receber o benefício, mas com a derrubada do veto pelo Congresso Nacional, obrigatoriamente o valor deverá ser repassado.

De acordo com a MP 1.084, serão pagos cinco parcelas de R$ 600 cada uma, totalizando o valor de R$ 3.000, mas há a possibilidade de ser pago uma única parcela também no valor total.

De todo modo, inexiste informações oficiais sobre como será feito este pagamento.

- Publicidade -

Conforme o divulgado pelo governo, terão direito a receber o benefício os pais chefes de família que tenham filhos pequenos.  Contudo, a prioridade é àqueles que ainda não estão aptos a receber o outro benefício do governo:  Auxílio Brasil.

Para saber se receberá o retroativo, é só acessar a página do Dataprev, e então, preencher os campos com o seu nome completo, CPF, data de nascimento e o nome completo da mãe.

Ao logar no site, será possível verificar se é elegível ou não para receber o retroativo.

Veja também:  Quem são as famílias que vão receber cota extra do Auxílio Emergencial: 1,2 milhão de cidadãos contemplados

- Publicidade -

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais