- Publicidade -

Pagamentos de até R$500 do Auxílio Brasil começam em novembro: Como se cadastrar e quem tem direito

Quem não recebe Bolsa Família vai ganhar Auxílio Brasil? Confira todas as últimas informações sobre o benefício que foi lançado pelo Governo Federal!

- Publicidade -

O Governo Federal confirmou os pagamentos de até R$ 500 do Auxílio Brasil em novembro. Mesmo depois de muitas dificuldades e polêmicas, o programa foi lançado oficialmente. 

A seguir vamos trazer as informações que foram disponibilizadas até o momento sobre o processo de cadastramento. Confira quem pode receber e como vão funcionar os pagamentos. 

Pagamentos de até R$500 do Auxílio Brasil começam em novembro Como se cadastrar e quem tem direito
Pagamentos de até R$500 do Auxílio Brasil começam em novembro. Como se cadastrar e quem tem direito! / Imagem: Divulgação.

Auxílio Brasil 400 Reais

- Publicidade -

Foi lançado na última quarta-feira o programa Auxílio Brasil de R$ 400. O Governo Federal está trabalhando para que todos os beneficiários recebam, no mínimo, esse valor mensal. 

O lançamento foi marcado por um clima de tensão por conta da decisão de um Auxílio de 400 reais. Nem toda a equipe econômica do Governo Federal concordava com esses valores já que foi necessária uma manobra financeira para garantir os valores. 

Ainda assim, foi feito o lançamento do programa que vai alcançar aproximadamente 17 milhões de brasileiros. 

Quem tem direito ao Auxílio Brasil

- Publicidade -

O principal público é formado por pessoas que já recebiam o Bolsa Família. Todos os beneficiários dessa renda serão transferidos automaticamente para o novo programa. 

De acordo com o projeto atual, quem vai ter direito ao Auxílio Brasil são:

  • Pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico); 
  • Famílias em situação de extrema pobreza, com renda mensal familiar de até R$ 89 por pessoa;
  • Pessoas com renda mensal familiar de até R$ 178 por pessoa;
  • No caso de famílias de baixa renda é necessário ter gestantes, crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos entre os membros. 

E quem não recebe o Bolsa Família tem direito ao Auxílio Brasil? Neste primeiro momento a ideia é zerar a fila de espera do programa Bolsa Família. Por isso as pessoas que solicitaram o programa anteriormente podem ser incluídas. 

- Publicidade -

O Governo Federal não divulgou mais detalhes do cadastro no Auxílio Brasil, mas é provável que a solicitação seja feita por renda através do CadÚnico nos Centros Regionais de Assistência Social (CRAS). 

Valor do Auxílio Brasil em 2021

A grande polêmica girou em torno do valor do Auxílio Brasil em 2021. O presidente Jair Bolsonaro sempre defendeu internamente um valor de R$ 400 no mínimo – pensando nas eleições de 2022. 

Já a equipe econômica queria manter um valor de R$ 300 com medo de ultrapassar o teto de gastos. O programa foi lançado por R$ 400 e isso já gerou desconforto no mercado: a Ibovespa caiu e o dólar subiu depois da divulgação do programa. 

- Publicidade -

Isso acontece principalmente porque o Governo precisou adaptar: R$ 300 vão ser do fundo do Bolsa Família e outros R$ 100 vão ser bancados por um projeto temporário – que não afeta o teto de gastos. 

Como se cadastrar no Auxílio Brasil – CadÚnico

Finalmente, a grande pergunta é: como se cadastrar no Auxílio Brasil em novembro? Todos os interessados devem começar com um passo fundamental: fazer a inscrição no Cadastro Único. 

É necessário estar neste sistema do Governo Federal para participar. Depois disso, o membro responsável familiar (de preferência mulher) deve solicitar o cadastro no Bolsa Família/Auxílio Brasil

É provável que a fila cresça muito, por isso a aprovação pode não ser instantânea. Novos detalhes devem ser divulgados já em novembro. 

Confira como fazer o cadastro e atualização no CadÚnico para receber o novo Bolsa Família!

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais