O que é preciso para tirar a cidadania Italiana?



Você sabia que é possível se tornar um cidadão italiano? Confira no artigo como buscar a cidadania Italiana!

Sim e muitos brasileiros vão em busca do reconhecimento de sua cidadania do país. Para que você tenha uma ideia, a Itália é o segundo país do continente europeu mais procurado por brasileiros em busca de cidadania, perdendo apenas para Portugal.

A Itália, além de uma grande riqueza cultural e histórica, também é um país que possui um grande índice de desenvolvimento humano, oferecendo uma ótima qualidade de vida para quem reside por lá.

Mas o que é necessário para conseguir ter o reconhecimento de cidadania italiana?

Se você está em busca de como e o que fazer para ser um cidadão italiano, está no lugar certo. No texto que você lerá abaixo, haverão todas as informações necessárias para que você possa descobrir se possui ou não direito à cidadania italiana, e caso a resposta seja sim, saiba o que é necessário para entrar nesse processo.

Siga lendo e confira!

O que é preciso para tirar a cidadania Italiana

Quem tem direito à cidadania?

Se você possui algum parente italiano, poderá solicitar a sua cidadania italiana por vias de ascendência. Mas para conseguir entrar com esse processo, você terá que se atentar a algumas regras estipuladas pelo governo.

Por exemplo, existem diferentes pré-requisitos para quem possui ascendentes italianos homens e mulheres.

Quem é descendente de um ancestral por meio paterno, ou seja, com a linha formada por homens, o direito de reconhecimento independe de fatores como o ano de nascimento do ancestral, por exemplo.

Já aqueles que são descendentes de uma mulher é necessário conferir qual o ano de nascimento de sua ancestral. Quem nasceu antes de 1948 e possui mãe descendente de italiano, casado com um estrangeiro, será necessário a entrada com um processo judicial para a obtenção da cidadania.

O ano em questão está ligado à promulgação da atual constituição italiana, a primeira que reconheceu direitos iguais a homens e mulheres.

Documentos exigidos

Em síntese, você tem direito ao reconhecimento de cidadania caso tenha algum descendente que seja – ou foi – italiano, isso sem limite geracional.

Para comprovar a sua descendência, será necessário a apresentação de documentos e certidões, desde o seu ancestral, até chegar em você.

Ou seja, caso o seu bisavô seja italiano, haverá a necessidade de apresentação das certidões dele, do seu avô, de seu pai e sua.

São os documentos necessários:

  • Certidões de nascimento;
  • Certidões de casamento;
  • Certidões de óbito.

Vale lembrar que os documentos devem estar apostilados e traduzidos por profissional juramentado para que sejam válidos para o processo.

Onde solicitar a cidadania?

É possível entrar com o pedido de reconhecimento de cidadania aqui no Brasil ou mesmo na Itália.

Em território brasileiro, você terá que ir até um consulado italiano e apresentar os documentos citados anteriormente. O processo leva de 6 a 12 anos para ser concluído, isso porque há uma alta fila de pedidos de reconhecimento de cidadania.

Já na Itália, esse processo é um pouco mais rápido, levando em média 90 dias para ser concluído. Você deverá apresentar os documentos em alguma Comune, as prefeituras das cidades italianas.

 

Leia Também