O incrível valor que uma nota de R$ 1 REAL pode valer; cédulas antigas passam de R$ 275, saiba como vender a sua!

Se você tem R$ 1 antigo guardado, corra para vender. Saiba como!

Abra a sua gaveta agora ou aquela bolsa ou carteira antiga, caso tenha uma cédula antiga de R$ 1, você pode se considerar uma pessoa de sorte. Não é nenhum exagero. Uma nota de R$ 1 antiga pode se tornar em R$ 275. Muito bom, né? Tenho certeza que ao deixar essa nota guardada por tanto tempo, você nem imaginou que um dia ela pudesse valer tanto.

O motivo para um preço tão elevado é que colecionadores de dinheiro compram cédulas antigas para colocar na sua coleção. E, quanto mais antiga, mais cara. Pessoas que têm esse hobby são conhecidas como numismatas.

O incrível valor que uma nota de R$ 1 REAL pode valer;
Imagem: Divulgação/Youtube

Você sabe o que são numismatas

A palavra é um pouco esquisita e difícil de falar, porém o significado é muito simples: colecionadores de moedas. Essas pessoas sempre estão em busca de cédulas e moedas antigas ou novas para ter na sua coleção. Elas são fascinadas e estudiosas de dinheiros antigos. Conhecem a história, reconhecem se são verdadeiras ou falsas e sabem quanto pagar por elas.

Quanto mais raras e diferentes as moedas, mais valiosas para os numismatas. Eles colecionam tanto dinheiro nacional (real) quanto a moeda internacional (dólar, euro, peso, entre outras).

Veja também: Moeda rara de R$1 REAL pode valer até R$7 mil; colecionadores estão procurando no mercado!

Mercado lucrativo

Algumas moedas que já saíram de circulação podem ser bem valiosas para os colecionadores. Quanto mais antiga, melhor. Não à toa, a nossa moeda de R$ 1, que saiu de circulação há 15 anos, pode valer até R$ 275. Quem guardou um exemplar dessa cédula, pode vendê-la por esse valor.

E para quem guardou a moeda de R$ 1 das Olimpíadas Rio 2016, pode negociá-la por até R$ 7 mil. É de deixar qualquer boquiaberto. Quem não guardou o exemplar deve estar bastante arrependido agora.

Como vender as moedas antigas?

Há duas maneiras de comercializar a cédula antiga que você tem em casa, inclusive a de R$ 1. A primeira forma de vender é anunciar no Mercado Livre. Muitas pessoas fazem isso e conseguem vender. A segunda forma é vender direto a um colecionador, procurando por grupos de Numismática.

Para vender a nota por uma boa quantia, ela precisa estar bem conservada. Os colecionadores jamais vão adquirir cédulas danificadas, rasgadas ou manchadas.  Outra coisa que influencia no valor da nota, é o número de série. Ou seja, quanto menor a tiragem, maior o valor. Isso se deve a sua raridade. É por esse motivos que a moeda de R$ 1 das Olímpiadas 2016 valem muito mais que a cédula antiga.

Veja também: Conheça 10 objetos nem tão antigos que podem valer muito dinheiro nos dias atuais!