Brasileiros estão assustados: Novo tipo de EXAME pode se tornar obrigatório para RENOVAR a CNH

A CCJ aprovou por unanimidade na última quarta-feira (09) projeto que condiciona a aprovação em uma avaliação psicológica para retirada da CNH. Veja como deve funcionar.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou por unanimidade, na quarta-feira (09), um projeto que busca tornar obrigatória a avaliação psicológica para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A proposta visa garantir uma análise minuciosa do estado emocional e mental de todos os motoristas que desejam renovar sua CNH, ampliando a exigência além daqueles que exercem atividade remunerada.

Avaliação psicológica para a renovação da CNH é aprovada pela CCJ
Avaliação psicológica para a renovação da CNH é aprovada pela CCJ. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Avaliação psicológica para a renovação da CNH é aprovada pela CCJ

De autoria do senador Davi Alcolumbre (União-AP), o projeto busca alterar o Código de Trânsito Brasileiro para que a avaliação psicológica seja obrigatória em todas as renovações da CNH. A proposta recebeu avaliação terminativa na CCJ e, se não houver recurso para o plenário do Senado, seguirá diretamente para análise na Câmara dos Deputados.

O senador Fabiano Contarato (PT-ES), membro da comissão, argumentou a favor da ampliação dessa exigência, considerando que devemos levar em conta as “mudanças pessoais ocorridas com o passar do tempo” no processo de renovação da habilitação. Na atual legislação, a avaliação psicológica é realizada apenas uma vez, no momento em que a pessoa solicita a Permissão Para Dirigir.

Durante a discussão do texto, a senadora Mara Gabrilli (PSD-SP) ressaltou a importância da medida para a redução de acidentes de trânsito. Ela, que é tetraplégica devido a um acidente automobilístico, argumentou que a avaliação constante da saúde mental dos motoristas é fundamental.

Como psicóloga, Gabrilli enfatizou que a saúde mental não é eterna e que diversos fatores podem desequilibrar as pessoas, levando a atitudes violentas e imprudentes. A senadora relembrou o acidente que sofreu em 1994, resultando em sua paralisia, causado pela violência e imprudência do motorista com quem estava.

“O meu acidente foi fruto de violência. O motorista, que era meu namorado, dirigia com muita violência e estava embriagado. Além disso, costumava acelerar o carro para me irritar. Na serra de Taubaté, ele acelerou o carro e caímos de uma altura de 15 metros. Ele não teve sequer um arranhão, enquanto eu fiquei paralisada, sem fala, sem respirar e sem poder me mexer”, relatou Gabrilli.

Veja também: Aprenda agora a garantir sua CNH GRATUITA em 2023: ESTES são os requisitos

A importância de uma avaliação psicológica

Portanto, fazer um tratamento com um psicólogo é de extrema importância para o cuidado da saúde mental e emocional. A psicoterapia oferece um espaço seguro e acolhedor para que as pessoas possam expressar seus sentimentos, enfrentar desafios, compreender seus pensamentos e comportamentos, e desenvolver habilidades para lidar com questões pessoais e emocionais.

Ou seja, a avaliação psicológica para renovação da CNH visa garantir que os motoristas continuem aptos a dirigir de forma segura, levando em consideração não apenas suas habilidades técnicas, mas também seu estado emocional e mental. Assim, a medida busca reduzir os riscos de acidentes causados por problemas de saúde mental dos condutores.

Portanto, essa proposta, se aprovada, reforçará ainda mais a importância de uma condução responsável e consciente, valorizando a segurança no trânsito e protegendo vidas. A análise do projeto na Câmara dos Deputados promete gerar um amplo debate em relação às medidas necessárias para garantir a segurança viária no país.

Veja também: LISTA DIVULGADA: milhares de motoristas podem ter a CNH suspensa, confira!