Novo PENTE FINO: Auxílio de R$ 600,00 – Veja como serão os CORTES nestas CONDIÇÕES

Equipe de RedaçãoEquipe de Redação
Atualizado Hoje!

Novo PENTE FINO: Auxílio de R$ 600,00 – Confira a seguir mais informações sobre os possíveis bloqueios e cortes feitos em reanálises do Auxílio!

Muitas pessoas estão com medo de sofrerem com o novo pente fino no Auxílio Emergencial de R$ 600,00. Isso porque o Dataprev e o Ministério da Cidadania continuam lutando contra fraudes e muitas pessoas estão apresentando informações suspeitas. 

Esse processo está acontecendo há bastante tempo e agora deverá ser intensificado. A ideia é que pessoas que estão recebendo os valores de forma indevida, tenham cortes dos benefícios nas próximas parcelas. 

A seguir vamos trazer mais informações sobre quem deve passar por esse pente fino. Entenda e saiba se você vai conseguir receber os valores de forma correta sem necessidade de nenhum tipo de bloqueio. 

Novo PENTE FINO: Auxílio de R$ 600,00
Imagem: Divulgação

Cortes Auxílio Emergencial 

É isso mesmo: novos cortes no Auxílio Emergencial deverão ser feitos a partir deste mês. A Caixa Econômica Federal está recebendo os dados do Dataprev e junto com o Ministério da Cidadania está procurando indícios de contas fraudulentas. 

Ou seja, pessoas que possuem dados inconclusivos ou qualquer tipo de problema poderão ter o benefício bloqueado temporariamente (até comprovação de recebimento correto). Essa é uma ação justamente para garantir o dinheiro APENAS para quem precisa. 

Além dessas ações anti-fraude também deverá ser intensificada a busca por pessoas que estão recebendo o Auxílio sem precisar. Nesses casos, também haverá a cassação e possível bloqueio da conta poupança digital. 

Quem vai ter Auxílio Emergencial cortado?

Mas então quem vai perder o Auxílio Emergencial? A partir de agora existem vários cenários possíveis para o bloqueio dos valores. Entre eles, alguns são mais comuns e podem ser resolvidos rapidamente e outros são mais complicados. 

Os principais motivos para ter o Auxílio bloqueado são:

  • Dados errados/inconclusivos: nesse caso é possível desbloquear mandando sua documentação pelo WhatsApp da Caixa;
  • CPF cadastrado em muitos celulares: quem usa o Caixa Tem em dispositivos diferentes pode ter esse problema. Nesse caso existe a possibilidade de resolver rapidamente. Entenda como na matéria;
  • Fraude ou atividade hacker: esse é o caso em que o banco verifica atividade ilegal – como roubo de dados. Nesse caso os benefícios são bloqueados definitivamente;
  • Recebimento indevido do Auxílio: agora o Dataprev também vai verificar a conta e os bens em nome das pessoas. Ou seja, se você possui uma poupança alta ou vários bens em seu nome e, ainda assim, recebe o Auxílio, é possível que tenha o dinheiro cortado. 

Quem segue recebendo Auxílio Emergencial

Por fim, quem segue recebendo o Auxílio Emergencial? De acordo com esse pente fino, deverão ser respeitadas agora todas as regras que já eram definidas anteriormente. Os pré-requisitos são definidos para quem pode ou não ter os valores em mãos. 

Os requisitos para seguir recebendo o Auxílio continuam os mesmos:

  • Idade mínima de 18 anos;
  • Possuir família com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (no valor atual de R$ 522,50);
  • Renda familiar mensal total de até três salários mínimos (atualmente em R$ 3.135); 
  • Não ter tido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

NOVA PROPOSTA: Auxílio Emergencial até 2021: Veja NOVOS VALORES e os PAGAMENTOS de HOJE

 

Leia Também