Novo GOLPE do QR Code faz vítimas sem que elas percebam; proteja-se

Recentemente, dezenas de vítimas começaram a sofrer com o chamado novo golpe do QR Code, que até ganhou um termo específico na internet: o quishing.

Você já ouviu falar no golpe do QR Code? Nos últimos anos, especialmente durante a pandemia, o QR Code ganhou popularidade, facilitando inúmeras transações do dia a dia.

Com essa facilidade, tornou-se cada vez mais comuns estabelecimentos, por exemplo, oferecerem a ferramenta como acesso de pagamento ou de cardápios.

No entanto, essa ferramenta de praticidade agora também se tornou uma arma nas mãos de criminosos cibernéticos. Descubra o que é o “quishing” e como você pode se proteger dessa armadilha moderna.

O novo golpe do QR Code já está fazendo vítimas por todo lugar, Veja como se proteger dessa ameaça.
O novo golpe do QR Code já está fazendo vítimas por todo lugar, Veja como se proteger dessa ameaça. / Foto: divulgação

Entenda o quishing

A princípio, o termo “quishing” surge da junção de “QR Code” e “phishing“, indicando uma estratégia de phishing que utiliza códigos QR.

Contudo, diferente do phishing tradicional, que geralmente envolve e-mails ou mensagens de texto fraudulentos, o quishing se vale de códigos QR falsos.

Em síntese, os criminosos criam esses códigos para redirecionar as vítimas a sites maliciosos, onde podem ser coletadas informações pessoais, financeiras ou de segurança.

Como o golpe do QR Code funciona

Ao escanear um código QR malicioso, a vítima pode ser levada a um site de phishing, ser induzida a baixar um aplicativo perigoso ou até mesmo enviar informações por mensagem de texto ou e-mail, que acabam nas mãos dos atacantes.

Aliás, a grande astúcia do quishing reside na dificuldade de detecção, uma vez que, ao contrário de um link suspeito em um texto, um código QR é uma imagem que pode ser mais complicada de analisar.

Confira também: Limite de crédito EXPLODINDO, R$ 4 mil liberado e mais: Nubank está surpreendendo correntistas

Dicas para se proteger do golpe do QR Code

  1. Avaliação cuidadosa: primeiramente, antes de escanear um código QR, examine sua aparência. Se notar qualquer sinal de violação ou se parecer que foi sobreposto por um adesivo, é melhor evitar;
  2. Verifique a origem: em seguida, sempre confirme a procedência do código QR. Se ele veio por e-mail, mensagem de texto ou foi encontrado em mídias digitais, certifique-se de que a fonte é confiável;
  3. Leitores de QR Code seguros: além disso, utilize aplicativos de leitura de QR Code que ofereçam recursos de segurança e possam verificar a segurança do site vinculado ao código;
  4. Cuidado com informações pessoais: lembre-se de que instituições sérias não solicitam informações pessoais ou financeiras via QR Code. Evite fornecer dados após escanear um código;
  5. Mantenha dispositivos atualizados: por fim, as atualizações de dispositivos frequentemente incluem melhorias de segurança. Manter seu smartphone atualizado é uma boa prática para aumentar sua proteção.

O golpe do QR Code é um lembrete de que, na era digital, a cautela é deve ser sempre imprescindível. Ao adotar essas práticas de segurança, você pode desfrutar das conveniências da tecnologia com mais tranquilidade e menos riscos.

Outros golpes comuns da internet

Ademais, na internet, além do golpe do QR Code, existem várias outras armadilhas cibernéticas. O “phishing” é notório, envolvendo e-mails fraudulentos que imitam organizações confiáveis para roubar dados.

O “vishing” utiliza chamadas telefônicas para enganar as vítimas e obter informações pessoais. Já o “smishing” se vale de mensagens SMS com links maliciosos.

Golpes de ransomware bloqueiam o acesso a dispositivos, exigindo resgate para liberação. Scams de suporte técnico e falsas loterias prometem prêmios inexistentes, visando a exploração financeira.

A segurança digital requer vigilância constante contra essas e outras ameaças, destacando a importância de práticas seguras e do conhecimento sobre as táticas dos cibercriminosos.

Confira mais assuntos: Caixinha do Nubank: veja como funciona o RENDIMENTO 24h e quanto seu dinheiro pode render