MUDANÇAS! NOVO Auxílio Emergencial + BOLSA FAMÍLIA para MÃE CHEFE DE FAMÍLIA: CADASTRO, DATAS e PAGAMENTOS…

Alexandre Guglielmelli
Atualizado Hoje!

NOVO Auxílio Emergencial está CONFIRMADO! Veja como fica a situação para MÃES CHEFES DE FAMÍLIA e beneficiários do BOLSA FAMÍLIA, além do novo CADASTRO, DATAS e PAGAMENTOS.

Para alívio de muitos brasileiros, o novo Auxílio Emergencial foi confirmado pelo Governo Federal. Detalhes como data de pagamento e valor das parcelas estão sendo decididos pelo congresso, junto com a situação das mães de família e beneficiários de programas do governo.

Será que você poderá receber o Novo Auxílio Emergencial? Explicamos abaixo tudo que já se sabe sobre os novos critérios, datas de pagamento e grupos que vão receber os créditos no Caixa Tem; veja abaixo.

MUDANÇAS! NOVO Auxílio Emergencial + BOLSA FAMÍLIA para MÃE CHEFE DE FAMÍLIA
Imagem: Divulgação

A discussão do Novo Auxílio Emergencial

A última semana contou com muitas novidades importantes sobre o Auxílio Emergencial. A equipe econômica do Governo admitiu abrir mão dos pisos mínimos de verba para a saúde e educação com objetivo de destravar os recursos para o benefício.

A medida encontrou resistência no Senado, já que muitos parlamentares lutam pela manutenção do piso de investimentos e retomada do Auxílio. Por enquanto, a maior dificuldade é encontrar um consenso entre o Governo Federal e o Senado.

Foi anunciado que nesta quinta-feira (25), será iniciada a votação da PEC Emergencial do Auxílio no Senado. Para agilizar a aprovação do benefício, o presidente Rodrigo Pacheco avalia desmembrar a proposta e votar apenas na autorização da retomada do Auxílio.

Sendo assim, ficaria para depois a avaliação de mecanismos de contenção de gastos, algo que é defendido com urgência pelo ministro Paulo Guedes. Com muitos aspectos ainda a serem negociados, o término da votação deve acontecer apenas na semana que vem.

Clique aqui para saber tudo sobre o Caixa Tem, usado para receber o benefício!

Quem vai receber o novo Auxílio?

Quando o governo confirmou a prorrogação do Auxílio Emergencial, muita gente ficou em dúvida se poderia receber as novas parcelas. Segundo o Ministério da Economia, seria feito uma espécie de “pente fino” para a concessão do benefício.

Por causa disso, até quem recebeu o primeiro Auxílio Emergencial ficou com medo de ser excluído das novas parcelas – que devem englobar um público um pouco menor do que o beneficiado pela primeira versão do Auxílio em 2020.

Já se sabe que o governo pretende pagar o novo Auxílio Emergencial para um grande número de pessoas: cerca de 33 milhões de beneficiários.

A situação dos beneficiários do Bolsa Família

Dentre essas 33 milhões de pessoas, cerca de 14 milhões são os beneficiários do Bolsa Família. Ou seja, os inscritos no programa do governo continuarão a receber a nova versão do Auxílio Emergencial em 2021.

Deve ficar de fora quem já tem emprego formal ou conseguiu um emprego nos últimos meses de 2020, quem recebe aposentadoria, auxílio doença, pensões, auxílio acidente, seguro desemprego, ou quem contou com incremento na renda familiar.

Quando começa o pagamento do novo Auxílio Emergencial?

O governo já confirmou estar planejando pagar a primeira parcela da prorrogação do Auxílio Emergencial em Março! O benefício não poderá ser pago em Fevereiro, já que aspectos importantes ainda precisam ser definidos no Congresso.

Como a votação do Auxílio deve terminar no Senado até a próxima semana, tudo indica que o calendário de pagamentos do benefício será estabelecido ainda nos primeiros dias de março. Sendo assim, os pagamentos devem começar até as últimas semanas do mês.

Qual será o novo valor do benefício?

A primeira versão do Auxílio Emergencial pagou R$ 600 mensais para milhões de pessoas do Brasil inteiro. Em suas últimas parcelas, o benefício foi cortado pela metade, terminando no início de 2021 seus depósitos de R$ 300.

Mas afinal de contas, qual será o valor das parcelas da prorrogação do Auxílio Emergencial? Este detalhe ainda está sendo definido em negociações entre o Governo Federal e os parlamentares.

Segundo informações recentes, o Governo está lutando pela aprovação de um Auxílio de R$ 200 a R$ 250, enquanto representantes do Congresso pressionam por um benefício de R$ 300, o mesmo valor das parcelas finais do primeiro Auxílio.

Não dá pra esperar pelo Auxílio? Veja aqui como antecipar seu FGTS.

As mães chefes de família

Poucas novidades foram reveladas sobre a situação das Mães Chefes de Família no novo Auxílio Emergencial. Atualizações devem ser divulgadas nas próximas semanas, juntos com novos detalhes sobre o benefício.

Segundo informações não confirmadas pelo governo, as mães chefes de família podem receber um valor diferenciado em 2021. É possível que essas cidadãs recebam o dobro do pagamento, como já aconteceu em 2020.

Com isso, o valor do Auxílio Emergencial para mães solteiras em 2021 pode chegar a até R$ 600 por parcela.

Fique de olho no site para receber em primeira mão novidades importantes sobre o Auxílio Emergencial!

 

Leia Também