Governo ACABA de revelar NOVAS regras para receber os adicionais do Bolsa Família: confira os detalhes

O governo estabeleceu regras novas para aqueles que querem acessar os pagamentos do Bolsa Família. portanto, é necessário acompanhar as mudanças.

Famílias beneficiárias do Bolsa Família, atenção às mudanças importantes que começarão a valer a partir de maio de 2024!

O Governo Federal anunciou novas regras que impactarão o recebimento dos adicionais do programa. Para assegurar esses acréscimos no benefício, é crucial que todas as exigências sejam cumpridas.

Confira a seguir o que você precisa fazer para continuar recebendo o apoio do Bolsa Família sem interrupções.

Se você recebe o Bolsa Família e não quer perder o benefício, veja as novas regras do governo.
Se você recebe o Bolsa Família e não quer perder o benefício, veja as novas regras do governo. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Regras para continuar recebendo os extras do Bolsa Família

Os benefícios adicionais do Bolsa Família são aqueles que entregam pagamentos além dos R$ 600 base do programa. Os critérios de pagamento do Bolsa Família para o ano de 2024 são estabelecidos da seguinte maneira:

  • Um valor base de R$ 600 para famílias de até quatro membros;
  • Um adicional de R$ 142 por pessoa em famílias que possuem mais de quatro integrantes;
  • Um adicional de R$ 150 para cada criança de até 6 anos;
  • Um adicional de R$ 50 para cada criança acima de 7 anos e jovens até 18 anos;
  • Um adicional de R$ 50 para gestantes;
  • Um adicional de R$ 50 para cada criança de até seis meses.

Para conseguir todos eles, é importante seguir regras específicas.

Não perca: Perdi o cartão do Bolsa Família, vou ficar SEM benefício? Saiba como SACAR de outra forma

Mantenha a frequência escolar em dia

Uma das principais condições para garantir o aumento no valor do benefício é a frequência escolar.

Crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos devem manter ao menos 85% de presença nas aulas durante o mês anterior ao recebimento do Bolsa Família.

Isso demonstra o compromisso do programa com a educação, assegurando que a próxima geração tenha melhores oportunidades de desenvolvimento.

Vacinação em dia

Para as famílias com crianças menores de 7 anos, é essencial manter o cartão de vacinação atualizado. Todas as vacinas recomendadas para a idade da criança devem estar em dia.

Esta é uma medida de proteção vital, que garante a saúde dos pequenos e previne uma série de doenças que podem afetar seriamente seu desenvolvimento e bem-estar.

Veja outros: Atenção inscritos no CadÚnico: o prazo para aproveitar a isenção de taxas está acabando

Acompanhamento médico regular

As gestantes e mães com filhos até 7 anos precisam realizar o acompanhamento médico regularmente, incluindo todas as consultas de pré-natal.

Além disso, é necessário que essas mães levem seus filhos para os exames de rotina, assegurando que tanto a mãe quanto os filhos estejam recebendo os cuidados de saúde necessários durante esses períodos críticos.

Participação em reuniões familiares

Outra exigência é a participação em pelo menos uma reunião familiar por bimestre, destinada às famílias com crianças e adolescentes entre 7 e 14 anos.

Essas reuniões são oferecidas pelo programa e têm como objetivo fornecer orientações e suporte para os desafios da parentalidade, além de promover a integração e o fortalecimento dos laços familiares.

Como se cadastrar ou atualizar seus dados no Bolsa Família

  • Acesse o Cadastro Único: para inscrever-se no programa ou atualizar seus dados, é necessário estar registrado no Cadastro Único (CadÚnico). Você pode fazer isso visitando qualquer Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município.
  • Utilize o aplicativo Bolsa Família: baixe o aplicativo Bolsa Família (https://bit.ly/3VsNBrM) em seu celular para acompanhar as informações do seu benefício de forma prática. O app permite consultar o calendário de pagamentos e atualizar seus dados de forma rápida e segura.
  • Explore o site do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social: para mais informações sobre o programa, as condicionalidades e orientações sobre como se cadastrar, visite o site do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) no link https://bit.ly/4aUknXG.

Em caso de dúvidas entre em contato com o Bolsa Família

Se tiver dúvidas ou precisar de assistência, não hesite em procurar o CRAS do seu município ou ligar para o atendimento do Bolsa Família no número 135.

A equipe está pronta para auxiliar você a garantir que seu benefício não seja interrompido e que sua família continue a receber o apoio necessário durante este período de transição para as novas regras.

Veja mais: Pé-de-Meia vai atender alunos FORA do Bolsa Família? Confira a decisão recente do governo!