NOVAMENTE! AUXÍLIO DE 4x R$600: PAGAMENTO 6ª, 7ª, 8ª, 9ª PARCELA!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

NOVAMENTE! AUXÍLIO DE 4x R$600 – Confira a seguir quais estão sendo as principais discussões sobre o retorno do Auxílio de R$ 600!

Milhões de brasileiros e brasileiras sofreram com a diminuição do valor do principal benefício do país. Por isso vários parlamentares estão falando sobre o retorno do Auxílio de 4x de R$ 600,00. 

A intenção é que seja possível um pagamento das 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda mantendo os valores originais do Auxílio Emergencial. Esse corte pela metade está complicando muito a vida de pessoas que precisam dessa ajuda. 

Por isso a seguir vamos trazer detalhes sobre como estão funcionando as discussões e como o benefício pode voltar a ser integral. Fique ligado!

NOVAMENTE! AUXÍLIO DE 4x R$600
Imagem: Divulgação

Auxílio Emergencial 4x R$ 600

O Auxílio Emergencial em 4x de R$ 600 ainda é uma realidade? Essa renovação por um valor integral ainda é possível? Mesmo que muito difícil, vários especialistas apontam para essa possibilidade sim. 

Esse cenário é possível principalmente depois que foi divulgado o número de propostas de mudança na MP do Auxílio Emergencial. A Medida Provisória 1.000/20, texto que prevê a renovação do benefício por R$ 300, recebeu mais de 260 pedidos de alteração na Câmara de Deputados. 

O que acontece agora, porém, é que o texto poderá ser votado ou não. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, deve fazer a movimentação para que essa MP seja votada ou não. Até o momento isso não tem uma data definida. 

Pagamento de R$ 600 6ª, 7ª, 8ª, 9ª Parcelas 

O pagamento de R$ 600 para 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas do Auxílio Emergencial é uma luta de vários parlamentares neste momento. Entre os destaques, o deputado federal André Janones está puxando a frente nessa tentativa de manter os valores. 

Em rede social, o parlamentar está publicando vídeos falando sobre a renovação do Auxílio de R$ 600 e afirmando que ainda é possível manter esse valor. De acordo com ele, o texto precisa ser votado urgentemente na Câmara já que esse é o interesse da maioria. 

Derrubada da MP Auxílio Emergencial

O próprio deputado André Janones está pedindo ajuda nas redes sociais para que haja mobilização popular para a derrubada da MP do Auxílio Emergencial. Ele pede, em vídeo recente, que a população “pressione” o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. 

O problema é que a votação da MP 1.000/20 não é “obrigatória”. Por ter esse caráter, o texto já foi apresentado à Câmara e já está valendo por 120 dias – prazo máximo para votação. Depois disso o texto pode caduca e não será um problema para o Governo Federal, já que o prazo de pagamentos é o dia 31 de dezembro. 

Por isso vamos seguir atentos para novos detalhes sobre a renovação do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600,00.

Projeto prevê AJUDA de R$800 após o fim do Auxílio de R$600: Benefício a partir de 1º de JANEIRO

 

Leia Também