TUDO DE NOVO! Nova ANÁLISE no Auxílio Emergencial: SÓ PARA QUEM RECEBEU o Benefício

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

TUDO DE NOVO! Nova ANÁLISE no Auxílio Emergencial – Entenda como vai funcionar esse novo processo de análise do Auxílio para quem já recebeu alguma parcela!

É isso mesmo: está confirmada uma nova análise do Auxílio Emergencial por parte do Ministério da Cidadania. O famoso “pente-fino” deverá continuar acontecendo agora para verificar possíveis fraudadores ou pessoas que receberam o pagamento de forma indevida. 

A ideia é justamente garantir que os cofres públicos não sejam afetados por pagamentos para hackers, fraudadores ou pessoas que estão recebendo sem precisar desses valores. Por isso a fiscalização deverá ser apertada a partir de agora. 

Entenda como isso vai acontecer e se você pode ser afetado por essa novidade. Fique ligado e repasse todos os detalhes para familiares e amigos que também estão recebendo os pagamentos normalmente. 

TUDO DE NOVO! Nova ANÁLISE no Auxílio Emergencial
Imagem: Divulgação/Vanessa Vieira

Análises do pagamento do Auxílio Emergencial

O Ministério da Cidadania deverá ampliar o processo de verificação e análises do pagamento do Auxílio Emergencial. O Tribunal de Contas da União fez uma determinação para que esse tipo de ação seja feita, agora, de forma mensal. 

O principal objetivo dessa medida é justamente evitar alguns dos principais problemas no Auxílio. Entre eles, os mais repetidos são:

  • Pessoas recebendo de forma indevida (por já estar com carteira assinada e continuar recebendo ou então por não precisar do Auxílio e seguir aceitando os depósitos); 
  • Beneficiários descumprindo critérios legais (como o pagamento do Auxílio para mais de dois beneficiários da mesma família); 
  • Fraudadores que usam os documentos de outras pessoas para receber os valores. 

De acordo com o próprio Tribunal de Contas da União existem indícios de que o total de pagamentos indevidos ultrapasse R$ 42 bilhões. Neste momento cerca de 1,3 milhão de pessoas já tiveram o benefício cancelado. 

Pente Fino Auxílio Emergencial

O pente fino do Auxílio Emergencial será feito com a intenção de verificar se beneficiários que estavam dentro dos requisitos para receber os R$ 600,00 (em março) continuam nessa mesma situação. 

Isso quer dizer que muitas pessoas, mesmo durante a pandemia, conseguiram passar pela situação de vulnerabilidade. Se houveram novas contratações na família ou se o próprio beneficiários começou a trabalhar formalmente, por exemplo, é possível que haja o bloqueio do Auxílio Emergencial

Quem pode continuar recebendo Auxílio Emergencial

Mas então quem pode continuar recebendo o Auxílio Emergencial? Existem os pré-requisitos que seguem os mesmos. Ou seja, quem estava em condições e agora não está mais, não pode continuar recebendo os pagamentos. 

Os requisitos para continuar recebendo o Auxílio de R$ 300 até o fim do ano são:

  • Maior de 18 anos;
  • Não estar em um emprego formal (com carteira assinada);
  • Não receber outro benefício – tanto previdenciário como assistencial; não ser  beneficiário do seguro-desemprego ou de algum programa de transferência de renda federal (com exceção do Bolsa Família);
  • Contar com uma renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo – ou então ter uma renda familiar mensal de até três salários mínimos;
  • Podem receber trabalhadores: microempreendedor individual (MEI); contribuinte individual da Previdência (que trabalhe por conta própria); ou trabalhador informal empregado ou autônomo que está inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). 

Pós PRORROGAÇÃO Auxílio! Serão PAGAS 9 PARCELAS com VALOR Alterado: Calendário de SAQUE!

 

Leia Também