Nota MÍNIMA do Enem: qual é, como funciona e como saber se você passou

Com as datas de realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio chegando, tem-se diversas incertezas por parte dos alunos sobre a possível aprovação.

Obter a aprovação no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, é algo almejado pela grande maioria dos estudantes brasileiros. Trata-se de um dos maiores sonhos daqueles que desejam ingressar em uma universidade pública de ensino, considerando os benefícios dos cursos oferecidos.

Entretanto, para garantir uma vaga na universidade pelo Enem, é indispensável tirar uma boa nota na prova. No entanto, esse ponto pode acabar sendo um enorme desafio para muitos, visto que a prova reúne diversas áreas do conhecimento, incluindo a tão temida redação.

Levando isso em conta, uma dúvida muito comum entre os estudantes é sobre qual a nota mínima para ser aprovado no Enem. Antecipadamente, vale dizer que essa resposta é a mais complexa possível, e necessita de um melhor entendimento.

ENEM
Todos os detalhes sobre a prova / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Saiba quais são as etapas seletivas do Enem

Antes de mais nada, para que seja possível compreender melhor a ideia de “nota mínima”, é preciso ter em mente como funciona o processo de seleção do Enem. Isto é, qual o caminho a ser percorrido desde a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio até o processo de entrar na universidade.

Sem muitas delongas, como é de conhecimento geral, a primeira etapa consiste, basicamente, na realização do exame. A aplicação, atualmente, acontece em dois fins de semana do mês de novembro, dividindo o exame em duas provas, uma em cada dia.

Após realizar as provas, é preciso aguardar até que o resultado final saia. Normalmente, o gabarito sai antes da somatória das notas obtidas pelo estudante. Assim sendo, a próxima etapa consiste na escolha do estudante para a tentativa da vaga.

Melhor dizendo, será a hora do estudante definir que curso ele pretende fazer, podendo escolher entre duas opções. A primeira opção servirá como a tentativa, enquanto a segunda opção deixará o estudante com uma segurança, caso a primeira não dê certo.

Esse segundo processo acontece diretamente pelo Sisu, o Sistema de Seleção Unificada, e é nesse momento que a nota obtida no Enem entra para o jogo.

Veja também: Redação do ENEM: o que você JAMAIS deve fazer no Exame

Mas afinal, qual a nota mínima necessária?

Como dito na introdução, essa resposta é um tanto quanto complexa. Isso porque, teoricamente, não existe uma nota mínima que garanta a aprovação do estudante no Sisu, pelo menos não de um modo geral. O que acontece, na verdade, é a nota mínima das faculdades.

Essa nota é conhecida como nota de corte, e ela é redefinida a cada ano. Para melhor entender, a nota de corte é a nota necessária para que um estudante “passe na frente” de outro. Por exemplo, se existem 10 vagas para medicina e 11 pessoas tentando, as que estiverem com maiores notas passarão.

No entanto, o último colocado da lista tem a menor nota de todas, sendo 560/1000. Essa será a nota de corte. Assim, para que outra pessoa possa “pegar” essa vaga, será preciso ter, pelo menos, 561 pontos. Por fim, a nota varia de acordo com cada universidade e curso.

Veja também: Aprenda a fazer uma redação nota 1000 no ENEM 2023 com esse modelo INFALÍVEL