Mais de 400 MIL pessoas foram aprovadas no INSS: consulte sua situação

A autarquia federal está com uma fila de mais de um milhão de brasileiros. Servidores alegam uma demanda grande de pedidos para serem analisados.

Atualmente, existem mais de 36 milhões de beneficiários do INSS de acordo com dados da previdência social. E mesmo assim, vários brasileiros ainda aguardam na fila para receber um benefício da autarquia federal. Vários segurados relatam um tempo de espera de mais de 3 meses para conseguir um benefício – o que afeta a população, uma vez que muitas pessoas dependem do pagamento. 

Contudo, existe uma boa notícia para este grupo. O Governo Federal começou a criar mutirões. Dessa forma, a equipe do INSS pode conceder os benefícios de forma mais rápida. Vale destacar que existem cerca de 1,3 milhões de pessoas na fila do benefício. Com a iniciativa do Governo, mais de 400 mil benefícios foram aprovados. Continue lendo esta matéria para saber todos os detalhes da fila da Previdência Social. 

Mais-de-400-MIL-pessoas
Fila do INSS ultrapassa 1,7 milhões de pessoas – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Iniciativa do INSS tira 400 mil pessoas da fila; entenda 

Antes de mais nada é importante deixar claro que as 400 mil pessoas não vão receber o benefício, necessariamente. Conforme já dito antes, a autarquia federal possui uma série de pessoas aguardando respostas. Então, o INSS divide os brasileiros em grupos – por uma questão de organização. Existem as pessoas que contestaram a decisão da autarquia. Ou seja, tiveram o benefício negado e entraram com recurso administrativo. 

No começo do ano, o número de pessoas que aguardavam uma resposta do recurso era de 1,3 milhões de pessoas. Contudo, em julho de 2023, este número é de 900 mil pessoas. Ou seja, cerca de 400 mil tiveram uma resposta do recurso – o que não significa que receberam o benefício. O recurso administrativo é visto como uma primeira tentativa para os brasileiros que tiveram a solicitação negada pela autarquia. No entanto, o cidadão pode recorrer à Justiça, caso tenha o benefício negado. 

Outro ponto importante é que existem vários tipos de benefícios. Então, algumas decisões do INSS são administrativas. Ou seja, dependem da averiguação dos documentos para saber se o titular tem direito ao benefício. Neste sentido, existem os benefícios como aposentadorias e pensões, por exemplo. Além do mais, os segurados podem pedir por pagamentos que dependem da perícia médica. 

Isso significa que um especialista vai avaliar se o segurado possui alguma doença e se ele necessita de afastamento. Esta regra é usada para a aposentadoria por invalidez e para o auxílio-doença. Ao todo, existem 1,79 milhões de solicitações. Deste número, 1,19 milhões são de análise administrativa e 596 mil pedidos dependem da análise médica. Ou seja, a fila ainda está muito grande. 

Veja também: TODOS os segurados do INSS já podem contar com o SAQUE do pagamento extra; aprenda a consultar seu saldo!

Governo anuncia medidas para a diminuição de fila 

O Ministério da Previdência Social já se posicionou, dizendo que é necessário criar um novo concurso para atender a demanda. Os servidores do INSS alegam que existe uma grande quantidade de documentos para analisar. Dessa forma, a fila de espera acaba se tornando grande. Até o momento, os segurados precisam aguardar novos pronunciamentos da autarquia. 

Para fazer a consulta do seu pedido, acesse: https://meu.inss.gov.br/#/login.

Veja também: Mais de 1,7 milhões de brasileiros estão aguardando por um benefício no INSS: é possível furar a filar?