Mudança NESTA regra do trânsito está fazendo motoristas PERDEREM mais de R$ 200; veja como evitar o prejuízo

Após uma mudança no CTB, os motoristas que desrespeitarem a regra, podem levar uma multa e 7 pontos na CNH

Uma mudança na regra do trânsito está deixando os brasileiros preocupados. Acontece que o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) fez uma alteração nas regras das placas de carros. Na parte traseira dos automóveis, é possível observar uma placa de identificação, composta por números e letras. Cada veículo possui a sua própria placa. Naturalmente, não é permitido sair sem esta placa. 

Essa regra já existe faz tempo. Acontece que muitos brasileiros acreditam que agora, andar sem placa é crime. De acordo com eles, antes era apenas uma infração. Mas desde que a mudança foi aprovada, passou a ser considerado um crime. Ou seja, a pessoa pode sofrer pena de reclusão, caso seja pega andando sem a placa do veículo. Mas será que isso é verdade? Continue lendo esta matéria para saber qual foi a mudança na regra do trânsito. 

Mudança-NESTA-regra-do-trânsito
CTB aprova mudança na regra do trânsito – Rovena Rosa/Agência Brasil

Mudança na regra do trânsito: posso ser preso por não usar placa no veículo?

A resposta é não! De fato, houve uma mudança na regra do trânsito que trata sobre as placas. A Lei das Placas, como ficou popularmente conhecida, está em vigor desde abril deste ano. Ela trata sobre os veículos que circulam sem possuir o objeto. Embora seja considerada uma infração de trânsito, a mudança não criminaliza a prática. 

Muitas pessoas se preocupam com a possibilidade de irem presos. Afinal, o furtos dessas placas é bem comum. Em outras situações, elas podem se danificar, tornando a identificação difícil. Não importa o motivo, andar sem placas é uma infração gravíssima do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). Ou seja, a pessoa leva 7 pontos em sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e precisa pagar uma multa de R$ 239,47. 

Afinal, qual é a mudança no CTB? 

Como já dito antes, a placa em veículos automotores sempre foi obrigatória. A mudança não atingiu a maioria dos veículos. O texto do CTB adicionou a palavra ‘automotores’ no texto que trata do tema. Na prática, o poder da lei se ampliou. Antes, apenas os veículos com motores precisavam da identificação. Contudo, com a mudança na regra do trânsito todos os tipos de veículos passam a ser identificados pelas placas. 

Veja também: 5 sobrenomes que já foram da REALEZA: seus antepassados podem ter sido muito IMPORTANTES

Entenda o sistema de pontuação da CNH 

Como já mencionado, os motoristas que desrespeitarem a nova regra do trânsito podem levar 7 pontos em sua CNH. De acordo com o CTB, ao atingir um determinado número de pontos, a pessoa perde sua carteira de motorista. Antes, bastava atingir 20 pontos que o documento era suspenso. Agora, a contagem deixou de ser linear. 

Uma infração leve resulta em três pontos na CNH. Enquanto isso, uma infração média gera quatro pontos na carteira do motorista. Já a infração grave corresponde a cinco pontos, de acordo com o CTB. Por fim, a infração gravíssima é de sete pontos, como já mencionado. 

Mesmo com a nova regra do trânsito, o sistema de pontuação é o mesmo. Se o motorista fizer 20 pontos e tiver duas infrações gravíssimas, ele perde a CNH. Se tiver uma infração deste nível, o número de pontos é de 30. Por fim, se não tiver infração gravíssima, perde a CNH com 40 pontos. 

Veja também: MUDOU? Confira nova lei do CPF que atinge DIRETAMENTE todos os brasileiros