Mudança nas categorias da CNH: é necessário atualizar a habilitação? Entenda!

A CNH passou por uma série de importantes mudanças recentemente, o que fez com que a necessidade e atualização passasse pela cabeça dos condutores.

Atenção, motoristas de todas as categorias! A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está prestes a passar por transformações significativas em 2024.

Com o avançar das demandas por mais segurança no trânsito, a CNH se adapta para assegurar que todos os condutores estejam mais qualificados e preparados para enfrentar as estradas.

Confira a seguir as novidades que estão por vir e como elas impactarão a vida dos motoristas. Afinal, será necessário atualizar o documento antigo?

A CNH passou por mudanças recentes, o que fez com que os condutores ficassem em dúvida sobre a renovação. Entenda.
A CNH passou por mudanças recentes, o que fez com que os condutores ficassem em dúvida sobre a renovação. Entenda. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

CNH passou por diversas mudanças importantes

Estar em dia com a CNH nunca foi tão crucial. Dirigir com o documento vencido é considerado uma infração grave, acarretando multas e pontos na carteira.

Por isso, é essencial se organizar para atender às novas exigências e evitar problemas. Confira quais alterações acabaram de chegar ao documento.

Veja mais: Veja como renovar sua habilitação DE GRAÇA; regras são mais simples do que parecem

Exames toxicológicos para todos

Uma das mudanças mais importantes é a inclusão dos exames toxicológicos como requisito obrigatório para todas as categorias de CNH.

Focada inicialmente nas categorias C, D e E, essa medida busca garantir que os condutores estejam livres do uso de substâncias que possam afetar negativamente suas habilidades de condução.

A segurança vem em primeiro lugar, e esses exames são passos significativos nessa direção.

Renovação da CNH: novos prazos

Outro ajuste relevante é a alteração nos prazos de validade da CNH, que passou a ter uma flexibilidade maior para muitos motoristas.

Para garantir que todos os motoristas estejam atualizados com as normas de trânsito e em condições adequadas de saúde, a renovação passa a ter prazos específicos de acordo com a faixa etária:

  • Até 50 anos: renovação a cada 10 anos;
  • Entre 50 e 70 anos: renovação a cada 5 anos;
  • Acima de 70 anos: renovação a cada 3 anos.

Esses prazos ajudam a manter um controle mais rigoroso sobre a aptidão dos motoristas para dirigir, contribuindo para a diminuição de riscos nas estradas.

Veja mais: Multa de R$ 195,23 por dirigir carro SUJO? Entenda o que diz a lei

Transição de categorias e pontuação por multas

As regras para a transição de categoria D para E também ficam mais rigorosas, exigindo que o motorista não tenha cometido mais de uma infração grave no último ano.

Além disso, a legislação atualizada aumenta o limite de pontos por multas para 40, desde que não haja infrações gravíssimas registradas.

Caso contrário, o limite permanece em 30 pontos, enfatizando a importância de manter uma conduta exemplar no trânsito.

Novas categorias da CNH

As novas categorias da CNH incluem ajustes para adaptar-se às modernas necessidades de condução. Introduz-se a categoria A1, específica para veículos motorizados de duas rodas com potência limitada, visando a iniciantes.

A categoria B1 é criada para carros de passeio elétricos ou híbridos, refletindo o crescente foco em sustentabilidade.

Essas mudanças visam não apenas atender à evolução do mercado automotivo, mas também promover uma condução mais segura e consciente, adequando-se às novas tecnologias e preocupações ambientais.

Preciso atualizar minha CNH antiga para o novo modelo?

Não é necessário atualizar a CNH para o modelo novo imediatamente. Motoristas podem continuar utilizando a versão atual de sua carteira até a data de vencimento indicada no documento.

A renovação para o novo modelo ocorrerá automaticamente quando for realizado o processo de renovação regular da CNH, seja por expiração do prazo de validade, alteração de dados pessoais ou categoria.

Portanto, mantenha sua habilitação atualizada conforme a necessidade e de acordo com os prazos regulamentares.

Acompanhe mais: ADEUS à CNH, despedida do RG e muito mais; fim da linha para estes documentos, prepare-se