Mudanças nas LEIS de transito estão pegando os condutores de SURPRESA; evite MULTAS!

Uso de película protetora em carros deve seguir normas do Contran, podendo o seu descumprimento causar multas;

É essencial ficar em dia com as leis do trânsito para não receber multas altas e acabar saindo no prejuízo. Isso porque, no ano passado, o Contran, Conselho Nacional de Trânsito, aprovou uma resolução que muda as regras para o uso do insulfilm. A película que é posta nos vidros dos carros deve ter uma transmissão de luz de no mínimo 70%, enquanto antes era 75%. Essa luminosidade em partes essenciais do veículo permite a melhor visão do condutor. Além do mais, a regra vale tanto para as películas de cor preta ou coloridas. Além disso, nas partes que não comprometem a condução, como nos vidros traseiros, o percentual continua em 28%.

Evite ser multado de surpresa! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Documento

Com a aprovação do Contran, o documento ainda proíbe o uso de insulfilm com defeitos ou bolhas que interfiram na visualização do motorista. O órgão tem o objetivo de evitar acidentes e aumentar a segurança no trânsito.

Os Detrans e a PRF, bem como o DNIT e o DER, são os órgãos responsáveis por fiscalizar a nova lei.

Outra alteração feita pela resolução é a de proibir películas opacas ou refletivas, as quais impedem que a luz passe. Enquanto isso, somente vidros do teto e blindados estão de fora da nova regra. Entretanto, a lei inclui máquinas agrícolas, rodoviárias e florestais, além de veículos que transitam fora de ruas públicas.

O uso da película fora dos padrões é uma infração grave que pode ocasionar em multa de 195 reais, além de cinco pontos na CNH. Ademais, o veículo é apreendido para ser regularizado e só deve ser liberado depois do problema ser resolvido. Caso haja reincidência, o motorista leva uma multa em dobro.

Saiba mais: Não perca o PRAZO MÁXIMO para atualizar o RG: seu documento precisa estar em dia!

Resumo

De forma resumida, os vidros com insulfim que não estão no padrão estabelecido podem prejudicar a visibilidade do condutor. Além do mais, a PRF alerta que com vidros muito escuros há ainda mais dificuldade em se perceber sinais de luz à noite ou em dias chuvosos.

O condutor também precisa analisar a condição da película instalada, ainda mais nos vidros laterais dianteiros e no para-brisas. Essas áreas são essenciais para que o motorista possa conduzir seu veículo de forma segura. É necessário se atentar ainda às bolhas que podem interferir na visão.

Por fim, pode-se concluir que as películas de insulfilm possuem muitas utilidades, com influência na estética do carro, na saúde, segurança, privacidade e conforto dos condutores e passageiros. Além disso, devem seguir as conformidades do Conselho Nacional de Trânsito. Dessa forma, os motoristas devem ter em mente que a regra traz maior segurança para ele durante a condução do seu veículo.

Ademais, os motoristas devem levar em consideração não apenas a sua segurança, mas também a de outros condutores. Isto é, devem ter em mente que o trânsito é um lugar de responsabilidade, uma vez que o não cumprimento das regras de trânsito pode causar acidentes e prejudicar não só a si próprio, mas outros cidadãos da mesma forma.

Veja também: COMUNICADO IMPORTANTE para quem tem multas de trânsito