Minha moto é barulhenta, posso ser MULTADO? Confira o que está escrito no Código de Trânsito Brasileiro

Normalmente, algumas multas podem acompanhar situações específicas que nem todos conhecem. Agora, será que o mesmo vale para uma moto barulhenta?

O irritante som constante de uma moto barulhenta pode ser mais do que apenas um incômodo. Normalmente, os motociclistas passam pelas pessoas nas ruas e causam uma grande irritação e, mesmo ao se afastarem, ainda é possível ouvir o som que até dói nos ouvidos.

Mas afinal, isso é uma violação do Código de Trânsito Brasileiro? E quais são os riscos para a saúde auditiva que esse ruído pode representar? Se você está em dúvida, veja a verdade a seguir!

Tem uma moto barulhenta em casa? Veja se ela pode te render uma multa!
Tem uma moto barulhenta em casa? Veja se ela pode te render uma multa! / Foto: divulgação

O que deixa uma moto barulhenta?

O escapamento das motocicletas é o grande vilão quando se trata de ruídos excessivos. A adulteração nesse componente é ilegal, já que sua função é reduzir a poluição sonora e atmosférica produzida pelo motor.

Alterações no escapamento são feitas com o objetivo de aumentar o ruído emitido, o que pode prejudicar não apenas a paz pública, mas também a mecânica do veículo.

Veja outros: Entenda a POLÊMICA envolvendo a regularização dos motoboys no iFood; possível FIM dos apps?

É crime mexer no escapamento e deixar a moto barulhenta?

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, qualquer modificação no escapamento é permitida apenas se todas as características originais do equipamento forem mantidas.

Qualquer alteração que mude as especificações originais, como cor ou ruído, é proibida. Em outras palavras, mexer no escapamento sem autorização é considerado uma infração grave. Ou seja, se a sua moto é barulhenta, você pode acabar recebendo uma punição por isso.

Como denunciar uma moto barulhenta e quais as penalidades?

Para lidar com motos barulhentas, várias cidades, como São Paulo, oferecem canais de denúncia, como o telefone 156 ou os sites das prefeituras.

Quanto às penalidades, o infrator pode enfrentar uma multa de R$ 195,23, além de ter 5 pontos adicionados à sua CNH. Em casos mais graves, o veículo pode ser retido até que a irregularidade seja corrigida.

Portanto, é fundamental respeitar as normas de trânsito e evitar modificações ilegais nos veículos, garantindo a segurança e o conforto de todos os usuários das vias públicas.

Lembre-se: o som de uma moto pode ser agradável, desde que dentro dos limites legais e respeitando o direito ao silêncio alheio.

Não perca: Multas de trânsito pouco conhecidas que podem custar MUITO no bolso dos motoristas

Infrações semelhantes que podem causar mais problemas

Além das infrações relacionadas a motos barulhentas, o código de trânsito também aborda outras situações que geram ruídos excessivos e perturbações sonoras.

Entre elas estão infrações como escape livre, som automotivo em volume excessivo e descarga livre. Essas práticas não apenas violam as regulamentações de trânsito, mas também afetam negativamente o ambiente urbano e a segurança dos usuários da via. Confira.

1. Escape livre

A infração de “escape livre” ocorre quando um veículo está equipado com um sistema de escape danificado ou removido. O escape é uma parte crucial do sistema de exaustão de um veículo, projetado para reduzir o ruído produzido pelo motor e para direcionar os gases de escape de forma segura para fora do veículo.

Quando o escape está danificado ou ausente, o ruído do motor aumenta significativamente, perturbando a paz pública e indicando potenciais problemas de segurança e conformidade com regulamentos ambientais.

2. Som automotivo em volume excessivo

O uso de som automotivo em volume excessivo é uma infração que ocorre quando o sistema de som instalado em um veículo é reproduzido em um volume tão alto que perturba a paz pública ou pode distrair outros motoristas.

Isso geralmente ocorre quando os condutores reproduzem música em alto volume dentro de seus veículos, criando uma perturbação sonora desnecessária que pode afetar a concentração e a segurança dos outros usuários da via.

3. Descarga livre

A infração de “descarga livre” acontece quando um veículo, especialmente motocicletas e carros modificados, tem seu sistema de escapamento alterado de forma a aumentar o ruído do motor.

Essa modificação é geralmente feita para fins estéticos ou de desempenho, mas resulta em uma emissão de ruído excessiva que perturba a paz pública e viola as regulamentações de trânsito.

Essa prática também pode afetar negativamente o desempenho do veículo e sua conformidade com as normas ambientais.

Acompanhe mais: Multas que custam MUITO caro e podem suspender a CNH dos motoristas