Moeda de R$ 1,00 do Beija Flor pode valer uma FORTUNA: você tem alguma perdida na carteira?

Você sabia que uma simples moeda de 1 real pode ser uma verdadeira fortuna escondida? Desvende o mistério por trás da cobiçada moeda do beija-flor.

Em meio às várias faces da moeda brasileira, uma em particular tem despertado o interesse de colecionadores e curiosos por todo o país.

Trata-se da moeda de 1 real comemorativa do beija-flor, lançada em 2019 para celebrar os 25 anos do Plano Real. Mais do que um simples objeto de troca, essa peça se tornou um símbolo de raridade e valor no fascinante mundo da numismática.

Moeda de R$ 1,00 do Beija Flor pode valer uma FORTUNA: você tem alguma perdida na carteira?
Veja como identificar a moeda de 1 real. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

A Origem e o Valor da Moeda Beija-Flor

A moeda do beija-flor não é apenas mais uma entre as várias emitidas pelo Banco Central. Com um design que destaca um beija-flor alimentando seus filhotes, ela carrega um significado especial, além de uma beleza única.

Fabricada com aço inoxidável e revestida de bronze, essa moeda não só celebra a biodiversidade brasileira, mas também representa a resiliência e beleza do país. Mas o que realmente a torna especial é a sua raridade e valor no mercado.

Especialistas em numismática apontam que fatores como a produção limitada e o estado de conservação da moeda são determinantes para seu valor.

Moedas comemorativas, como a do beija-flor, tendem a se valorizar ao longo do tempo, especialmente aquelas mantidas em excelente estado ou que apresentam erros de cunhagem, como o reverso invertido.

Veja também: Moeda de R$ 1,00 de 2003 pode valer uma FORTUNA: você tem alguma na carteira?

Como Identificar a Moeda de 1 Real do Beija-Flor?

Para identificar a moeda de 1 real do beija-flor, lançada em 2019 em comemoração ao 25º aniversário do Plano Real, siga estes passos:

  1. Ano de Cunhagem: Verifique o ano impresso na moeda. A moeda do beija-flor foi cunhada em 2019.
  2. Design: Observe o desenho presente no anverso da moeda. Você deverá encontrar a imagem de um beija-flor alimentando seus filhotes no ninho, que é a característica distintiva desta moeda comemorativa.
  3. Material e Cor: A moeda possui um núcleo de aço inoxidável e um anel externo de aço inoxidável revestido de bronze, o que lhe confere uma aparência única em comparação com outras moedas de 1 real.
  4. Erros de Cunhagem (opcional): Alguns colecionadores buscam erros específicos de cunhagem que podem aumentar o valor da moeda. Um exemplo é o reverso invertido, onde a imagem ou texto no lado reverso está de cabeça para baixo em relação ao anverso.

Verificando esses detalhes, você poderá identificar com confiança a moeda de 1 real do beija-flor e distinguir sua singularidade entre as demais moedas de circulação comum.

Veja também: Como uma moeda de 50 CENTAVOS pode valer até R$ 100 Você pode ter uma guardada

Onde Posso Avaliar e Vender Minha Moeda?

Para avaliar e vender sua moeda, especialmente se for uma peça rara como a moeda de 1 real do beija-flor, você tem algumas opções confiáveis:

  1. Lojas Especializadas em Numismática: Procure lojas ou estabelecimentos especializados em numismática. Esses lugares geralmente contam com profissionais qualificados para avaliar moedas raras e oferecer um preço justo baseado na condição, raridade e demanda atual do mercado.
  2. Feiras e Eventos de Colecionadores: Participar de feiras e eventos voltados para colecionadores de moedas pode ser uma excelente oportunidade para avaliar e negociar sua peça. Esses eventos reúnem muitos interessados e especialistas no assunto, aumentando suas chances de encontrar um comprador disposto a pagar um valor adequado.
  3. Plataformas de Venda Online: Sites como Mercado Livre, eBay e OLX podem ser úteis para vender sua moeda. Ao usar plataformas online, certifique-se de fornecer uma descrição detalhada e fotografias de alta qualidade para atrair compradores sérios. Contudo, esteja ciente das taxas do site e das melhores práticas para vendas seguras.
  4. Grupos e Fóruns de Numismática na Internet: Há uma comunidade ativa de colecionadores e especialistas em moedas que participam de fóruns e grupos online. Esses espaços podem oferecer não apenas uma avaliação mais precisa, como também dicas sobre como e onde vender sua moeda.
  5. Redes Sociais e Aplicativos de Mensagens: Grupos no Facebook, WhatsApp e outros aplicativos dedicados a colecionadores de moedas são excelentes locais para obter avaliações e encontrar compradores interessados.

Antes de finalizar a venda, é importante fazer uma pesquisa de mercado para entender o valor atual de sua moeda e garantir que você está recebendo uma oferta justa. Se possível, obtenha avaliações de múltiplas fontes para ter uma ideia mais precisa do valor da sua moeda.

Veja também: Moedas RARAS de apenas 10 centavos já estão valendo R$ 650; confira!