Ministro da Fazenda toma decisão IMPORTANTE sobre o FIES: saiba mais sobre o futuro do programa

Fernando Haddad faz anúncios sobre o programa de financiamento estudantil. A fala do ministro gerou repercussão positiva.

O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa do MEC (Ministério da Educação). Através dele, os estudantes podem ter acesso ao ensino superior. Basicamente, o Governo Federal irá conceder créditos estudantis para os alunos que desejam ingressar em instituições de ensino superior privadas. O novo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou uma novidade para o fundo. 

Durante o primeiro mandato do presidente Lula (PT), Haddad foi o ministro da educação. Ele ficou no cargo até 2012. Hoje, comanda a pasta da economia, mas fez um importante anúncio para a área da educação. O comunicado do economista gerou uma repercussão positiva entre os estudantes. Continue lendo esta matéria para saber o que muda no Fies em 2023. 

Ministro-da-Fazenda
Fernando Haddad se manifesta sobre o Fies – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Fernando Haddad se manifesta sobre o Fies 

Nesta segunda-feira (30), o atual ministro da Fazenda tomou uma importante decisão. Ele autorizou o repasse de R$ 500 milhões para o Fies, do MEC. De acordo com ele, os recursos servem para a integralização de cotas da União do Fundo Garantidor do Fundo de Financiamento Estudantil (FG-Fies). 

Na prática, o Governo Federal terá mais recursos para bancar o FIES. Nesta segunda-feira, as ações do ministro da Fazenda geraram grande repercussão. Ele participou de um evento na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), com empresários do país. Durante a reunião, anunciou que pretende lançar uma nova modalidade de Pix em 2023. 

Trata-se do Pix Crédito. Desde que o recurso foi lançado, muitos brasileiros esperam pela possibilidade de usar o método de pagamento como crédito. Contudo, o anúncio da possibilidade só foi feito neste ano. Ainda não existem muitos detalhes.

Haddad garantiu que até março enviará o projeto estruturado para a Casa Civil. Depois, para o Congresso Nacional. Assim, a expectativa é de que a nova modalidade de pix seja liberada, ainda, em 2023. Mas, não há um calendário oficial.

Além do mais, o economista também tratou sobre a Reforma Tributária. Vários empresários  fazem pressão para que a carga tributária do país diminua.  O ministro da Fazenda afirmou que pretende votar pela reforma o mais rápido possível. Contudo, depende da vontade do Congresso Nacional. Por fim, ele reafirmou o seu compromisso com a responsabilidade fiscal no país. 

Veja também: França busca brasileiros para estudar no país: veja como se inscrever na SELEÇÃO

MEC divulga editais 

Como já dito antes, o FIES é um programa de financiamento estudantil do Governo Federal. Na última semana, o MEC divulgou o edital do programa para 2023. Os interessados devem realizar a inscrição entre os dias 7 a 10 de março de 2023. Assim, poderão usar a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). 

O MEC também anunciou os editais do Prouni (Programa Universidade para Todos). Através dele, bolsistas de colégios particulares ou estudantes da rede pública, conseguem ingressar em instituições de ensino superior privadas. As bolsas são de 50% ou 100%, dependendo da renda familiar do aluno. As inscrições para o Prouni começam no dia 28 de fevereiro e se encerram no dia 3 de março. 

Veja também: Centro de aprendizagem está oferecendo 3,5 MIL vagas em cursos GRATUITOS e 100% a distância