Descubra se você pode ter o Bolsa Família cortado pela METADE

Beneficiários estão preocupados com a possibilidade de receberem seus benefícios em 50%; confira a divulgação que saiu recentemente

Os pagamentos de outubro do Bolsa Família chegaram ao fim recentemente, na última terça, dia 31. Com isso, milhares de pessoas já aguardaram pelo repasse do benefício em novembro. No entanto, primeiramente, é preciso que você descubra se pode ter o Bolsa Família cortado pela metade.

Dessa maneira, veremos a seguir como funciona esse pagamento, por que alguns beneficiários podem perdê-lo e o que envolve esse corte. Entenda mais a respeito!

Descubra se você pode ter o Bolsa Família cortado pela METADE
Corte pela metade do Bolsa Família! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Benefício reduzido

No cenário político brasileiro atual, o corte de 50% do valor do Bolsa Família gera debates quentes e preocupa substancialmente seus segurados. Desde 2003, o Bolsa Família é um exemplo mundial, pois segue como um dos principais programas de transferência de renda.

Logo, uma redução abrupta do repasse tem despertado críticas por parte dos beneficiários, que temem ficar sem seu dinheiro fixo mensal. A metade do valor do benefício implica em dificuldades adicionais para as famílias em situação de extrema pobreza, comprometendo o acesso a suas necessidades mais emergentes.

Além disso, há preocupações quanto ao impacto negativo nas taxas de desigualdade e nos índices de desenvolvimento humano. Afinal, a medida exige uma abordagem cuidadosa e estratégica para o ajuste fiscal, equilibrando a necessidade de conter gastos com a responsabilidade de proteger os mais desfavorecidos.

Nesse contexto, é crucial que sejam buscadas soluções sustentáveis e inclusivas, visando a manutenção de políticas sociais eficazes, capazes de promover o desenvolvimento social e econômico do país, garantindo o acesso igualitário a oportunidades para todos os cidadãos.

Portanto, a seguir veremos por que exigimos que você descubra se pode receber o Bolsa Família pela metade em novembro. Caso haja o corte, veremos o que poderá fazer em relação a isso.

Saiba mais: Pagamento do 13⁰ do Bolsa Família finalmente vai sair? Saiba quem poderá ter acesso!

Bolsa Família pela metade

Dito isso, veja agora por que o Governo anunciou recentemente que alguns beneficiários do Bolsa Família receberão apenas 50% dos recursos em novembro.

Com a criação da famosa Regra de Proteção, o objetivo é proteger os auxiliados de desligamentos imediatos caso a renda do grupo familiar ultrapasse o limite. Isto é, trata-se de uma regra benéfica, apesar da redução no repasse.

Atualmente, o limite de renda per capita do Bolsa Família equivale a R$ 218. Dessa maneira, segurados que começam a trabalhar de carteira assinada e não se enquadram mais nesta regra, têm direito a receber somente metade do benefício durante 2 anos.

O intuito é ajudar as famílias que iniciam a atuar profissionalmente e que antes negavam oportunidades por medo de perder o Bolsa Família. Outro ponto interessante e que merece destaque é o fato de que a família tem prioridade de retorno ao programa.

Em outras palavras, se depois de 2 anos os integrantes perderem seus empregos e se enquadrarem nas regras gerais do auxílio, terão direito prioritário de retorno.

Portanto, se você recebe o Bolsa Família e aparecer alguma oportunidade de trabalho, não a negue, pois você poderá ampliar sua renda e ainda seguir contando com o auxílio social.

Veja também: Bolsa Família tem novas regras: você NÃO vai acreditar