Lista reúne as 5 melhores profissões para quem não gosta de rotina; incrível!

Saiba quais são os ganhos aproximados de cada uma delas.

Passar o dia inteiro em um escritório cumprindo com as mesmas obrigações diárias pode ser um sacrifício para muitos profissionais. Afinal, para muitos, tarefas rotineiras é algo entediante. Então, se você é daqueles que preferem um trabalho com uma maior flexibilidade, selecionamos as 05 melhores profissões para quem não é fã de rotinas.

Em síntese, todos os cargos abaixo permitem uma maior exploração da profissão e, claro, têm aquela adrenalina de não saber o que está por vir. Quem se identifica com essas sensações, não pode deixar de conferir a nossa lista abaixo. Acompanhe!

Veja se alguma se encaixa com o seu perfil. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

Melhores profissões para quem não gosta de rotina

Conheça-as a seguir.

Saiba mais: Profissões no metaverso oferecem salários acima de R$ 20 MIL: confira quais são elas 

1 – Perito Criminal

Em primeiro lugar, esta é uma daquelas profissões ideais para quem não é fã de rotinas. Fazer a coleta de provas criminais, analisar cenas de crimes cometidos ou descrever locais em que os acidentes aconteceram, faz parte do dia a dia de um Perito Criminal.

De fato, a adrenalina faz parte da vida desse profissional. Apesar de trabalhar em um local fixo, praticamente todos os dias, ele precisa sair às ruas para fazer seu trabalho. Cada vez em um lugar diferente e, muitas vezes, também em horários diferentes.

O salário deste profissional gira em torno de R$ 12,5 mil por mês. Se você gosta dessa área e sempre quis trabalhar nela, é só passar em um concurso público da Polícia Civil do seu Estado.

2 – Guia turístico

Essa também é uma das profissões para quem não é fã de rotinas e, de quebra, ama viajar. Se você sempre quis conhecer locais e culturas diferentes, e ainda adora contar boas histórias para os visitantes da sua cidade, que tal se aventurar trabalhando como Guia Turístico?

Essa profissão é muito dinâmica e tem uma agenda 100% flexível. É possível trabalhar em museus, parques, praias, resorts ou em qualquer um dos lugares que costumam ser um chamariz para turistas. E o melhor de tudo: não existe aquele estresse típico dos ambientes de trabalho tradicionais.

A saber, os ganhos dependem exclusivamente da sua experiência e da cidade que você mora. Se ela fizer parte de uma região turística e recebe visitantes quase que o ano inteiro, os ganhos desse profissional podem chegar a R$ 4,5 mil por mês.

3 – Fisioterapeuta Domiciliar

Se você sempre quis trabalhar na área da saúde, mas não gosta de atividades que sejam rotineiras, já imaginou a possibilidade de se tornar um Fisioterapeuta Domiciliar?

Esse profissional ficará responsável por fazer a prevenção, diagnóstico e reabilitação de pacientes que possuem distúrbios nos movimentos do corpo. Você pode atender os pacientes em suas próprias residências ou em clínicas de reabilitação. Logo, terá uma rotina de horários bem mais flexível no dia a dia.

Com bastante planejamento da sua parte, uma agenda organizada e muitos pacientes para atender no mês, os ganhos de um Fisioterapeuta Domiciliar podem chegar a R$ 6 mil por mês.

4 – Professor Particular

Se você domina bem uma área do conhecimento, mas não quer se prender à rotina de sala de aula e nem cumprir com os horários estabelecidos, pode se tornar um Professor Particular.

Em suma, além da flexibilidade de horários e uma vida sem rotina, essa profissão permite que as aulas particulares sejam nas casas dos alunos, em uma sala de aula particular ou até em sua própria casa. Aqui não há rotina, pode apostar. Por fim, um Professor com uma boa demanda de trabalho pode faturar até R$ 10 mil por mês.

5 – Produtor de Conteúdo Digital

Em último lugar, essa não deixa de ser uma profissão interessante.  Então, se você tem um bom domínio da Língua Portuguesa, é desinibido em frente às câmeras ou se comunica bem, que tal se tornar um Produtor de Conteúdo Digital?

Opções de trabalho pode apostar que não faltam. Você pode criar conteúdo para o YouTube, Instagram ou Tik Tok, podcasts para plataformas de streaming e até produzir conteúdo em formato de textos para sites e blogs. E o melhor de tudo: trabalhando de onde você estiver, seja no conforto de casa ou viajando, por exemplo. Os ganhos de um redator freelancer, por exemplo, podem chegar a R$ 5 mil mensais.

Saiba mais: Profissões mais bem pagas para 2023: lista reúne os melhores cargos