MEC Investe em Instituições Federais


MEC Investe em Instituições Federais. O Ministério da Educação confirmou a liberação de R$ 563,62 milhões para instituições de todo o país. Confira!
https://pronatec.pro.br

MEC investe cerca de R$ 563 milhões em instituições federais

Esse valor será repassado para regiões variadas do Brasil

O Ministério da Educação confirmou a liberação de R$ 563,62 milhões para instituições de todo o país. Serão agraciados institutos federais, hospitais universitários e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

https://pronatec.pro.br

Entre os que receberão os benefícios estão 190 mil bolsistas de mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor sênior e professor visitante. Segundo o atual ministro da Educação, Mendonça Filho, o MEC está tentando garantir de todas as formas a liberação de recursos para o custeio, a aquisição e a manutenção de bolsas que já eram oferecidas em 2015.

Instituições federais de ensino que têm vínculo com o Ministério da Educação receberão R$ 244,43 milhões. Esse valor será voltado para custeio, manutenção e investimento. Desse total, R$ 168,89 milhões serão destinados exclusivamente para universidades federais – já incluídos nesse valor os repasses para hospitais universitários. A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica terá R$ 73,7 milhões como recurso.

Valores voltados para a CAPES

A Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, recebeu um total de R$ 319,19 milhões. O Ministério da Educação já definiu de que maneira será distribuído esse valor:

  • R$ 47 milhões serão voltados para o pagamento de 5,9 mil bolsas do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), 71,8 mil do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), 1,04 mil bolsas do Observatório da Educação e 1,3 mil bolsas relativas à Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep);
  • R$ 172 milhões deverão pagar cerca de 90,3 mil bolsistas em modalidades diversificadas: mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor sênior e professor visitante;
  • R$ 31 milhões irão para instituições participantes da Universidade Aberta do Brasil (UAB);
  • R$ 16 milhões pagarão cerca de 17 mil bolsistas – incluindo mestrado profissional;
  • R$ 15,5 milhões serão voltados para o custeio de despesas no âmbito do Programa de Excelência Acadêmica (Proex) e Programa de Apoio à Pós-Graduação (Proap);
  • R$ 24,5 milhões irão exclusivamente para o pagamento de débitos de capital no âmbito do Proex.
  • Para o financiamento de projetos de cooperação internacional estão reservados R$ 2,4 milhões. Os gastos relacionados ao Programa de Apoio à realização de Eventos Científicos (Paep), para a concretização de projetos de pesquisa e para a capacitação de servidores contarão com o valor de R$ 10,8 milhões.







Outros Artigos Relacionados!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *