MEC investe em assistência estudantil

MEC investe em assistência estudantil no ensino superior

R$460 milhões serão destinados a manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil em universidades e institutos federais

O Ministério da Educação (MEC) anunciou mais um repasse importante para a educação superior. A quantia de R$460 milhões será destinada aos projetos de assistência estudantil, que contribuem para o acesso e permanência dos estudantes nas instituições de ensino federais.

https://pronatec.pro.br

Distribuição dos recursos

Do total, cerca de R$310,83 milhões será repassada às universidades federais, enquanto que R$146,34 milhões irão para os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, os IFs, que estão presentes em vários estados do país.

Ao todo, desde maio, já foram repassados R$ 2 bilhões a instituições e outras como o Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Saiba mais sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil

O Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) foi criado pelo Governo Federal e está em atividade desde 2010. Os principais objetivos do programa são a democratização do acesso e as condições de permanência dos jovens na educação superior pública federal, a redução das taxas de evasão e a inclusão social através da educação.

As áreas contempladas pelo programa nacional de assistência estudantil, para as quais esses investimentos do MEC serão destinados, são:

Permanência

  • Moradia
  • Alimentação
  • Saúde (física e mental)
  • Transporte
  • Creche
  • Condições básicas para atender os portadores de necessidades especiais

Desempenho Acadêmico

  • Bolsas
  • Estágios remunerados
  • Ensino de Línguas
  • Inclusão Digital
  • Fomento à participação político-acadêmica
  • Acompanhamento psico-pedagógico

Cultura, Lazer e Esporte

  • Acesso à informação e difusão das manifestações artísticas e culturais
  • Acesso a ações de educação esportiva, recreativa e de lazer

Assuntos da Juventude

  • Orientação profissional, sobre mercado de trabalho
  • Prevenção a fatores de risco
  • Meio ambiente
  • Política, Ética e Cidadania
  • Saúde, Sexualidade e Dependência Química

Os alunos da rede federal de ensino superior podem se inscrever para concorrerem aos auxílios em suas instituições. Os valores, prazos e outros requisitos para garantir algum desses tipos de auxílio dependem dos editais divulgados de acordo com o calendário acadêmico de cada instituição.

 

Leia Também