- Publicidade -

Você sabia que é possível localizar um iPhone a mais de 10 mil km de distância? Relato curioso bombou na web!

Imagina ter o seu celular roubado e, ao localizar, saber que ele está a mais de 10 MIL quilômetros. A seguir, veja o caso de Daniel Yubi.

0

Ter algum item roubado já não é algo muito agradável, ainda mais se esse objeto for de uso pessoal e constante, como um Iphone. Além disso, recuperá-lo nem sempre é tão simples. Agora imagina que você teve o seu celular roubado e acabou encontrando a localização dele… muito bom, não é? Mas e se ele estiver a 10 MIL quilômetros de distância?

- Publicidade -

Pois bem, isso aconteceu com Daniel Yubi, um especialista em pagamentos digitais que localizou seu celular a 10 mil km de distância. A história envolve um aparelho iPhone roubado que ganhou as redes sociais, pois, em seu perfil, Daniel publicou o acontecimento. A seguir, saiba mais sobre.

Entenda o caso. (Imagem: Divulgação).

Iphone roubado encontrado a 10 mil km de distância

De acordo com o relato da vítima, o roubo do seu aparelho iPhone aconteceu em Londres, cidade onde ele morava. No entanto, ao verificar o recurso de ”buscar iPhone” disponibilizado pela Apple, o dispositivo acusou estar presente na província chinesa de Shenzhen.

- Publicidade -

Essa localidade é uma das regiões com maior número de fábricas de aparelhos eletrônicos da China, o que torna o fato ainda mais curioso, pois o aparelho provavelmente veio daquela região. Afinal, lá é onde a maior parte dos produtos eletrônicos é fabricada.

Todavia, a maneira como ele foi parar lá é o que desperta a curiosidade do público. Em sua postagem, Daniel ainda ironiza dizendo que este é o ”ciclo da vida”. Ademais, o dono não revelou qual seria o modelo do iPhone. No entanto, para ter a função ativa, acredita-se que seja um modelo fabricado a partir de 2017, pelo menos.

Veja também: Programa do Governo abre 12 mil vagas em cursos de capacitação: Inscreva-se gratuitamente! 

E o desfecho?

- Publicidade -

Embora tenha se pronunciado, a vítima não revelou maiores detalhes. Ou seja, ainda não se sabe quais serão as medidas que Daniel irá tomar a partir da descoberta de onde o seu celular está. Para o rapaz, é provável que seja mais caro viajar os 10 mil km para recuperar seu aparelho antigo do que investir na compra de um modelo novo.

Fato é que os usuários das redes sociais e demais internautas estão ansiosos para saber como essa história terminaria. Os comentários em sua postagem supõem que o dispositivo da Apple será desmontado para ter suas peças revendidas. Contudo, essa prática não é tão simples, visto que nem todos os componentes podem ser compatíveis com outros iPhones.

Veja também: Qatar tem mais de 7 mil vagas de emprego para brasileiros; salários podem se aproximam de R$ 6 mil, candidate-se 

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais