Lista REVELA 5 coisas que você precisa para receber até R$ 1,2 MIL do PIS/Pasep

A oportunidade de receber até R$ 1.295 através do PIS/PASEP está gerando grandes expectativas entre os trabalhadores brasileiros.

Os programas PIS (Programa de Integração Social) e PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são pilares essenciais da estrutura socioeconômica do Brasil, projetados para distribuir uma parte dos lucros das empresas aos trabalhadores, complementando assim seus salários.

Em 2024, muitos trabalhadores têm a oportunidade de receber até R$ 1.295 através desses programas, um incremento significativo que pode ajudar no orçamento familiar.

Lista REVELA 5 coisas que você precisa para recber até R$ 1,2 MIL do PIS/PasepV
Veja como receber. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Elegibilidade para o Benefício

Para se qualificar para o benefício de até R$ 1.295 do PIS/PASEP, os trabalhadores devem atender a certos critérios:

  • Ter trabalhado com carteira assinada por um período mínimo de dois a onze meses durante o ano de 2022.
  • Estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos.

Esses critérios asseguram que o benefício seja concedido a trabalhadores que contribuíram ativamente para o mercado de trabalho e mantiveram um compromisso de longo prazo com os programas.

Calendário de Pagamentos

O pagamento do PIS/PASEP é organizado segundo um calendário específico, garantindo uma distribuição eficiente do benefício. O calendário é baseado no mês de nascimento do trabalhador, estendendo-se de fevereiro a dezembro de 2024, e visa a uma administração ordenada dos recursos.

Para Trabalhadores da Iniciativa Privada (PIS):

  • Os pagamentos geralmente são organizados mensalmente, começando com os nascidos em janeiro e prosseguindo até os nascidos em dezembro.

Para Servidores Públicos (PASEP):

  • Os pagamentos são normalmente organizados com base no último dígito do número de inscrição, começando pelo dígito 0 e seguindo até o dígito 9.

Como exemplo hipotético, o calendário poderia ser assim distribuído:

  • Janeiro (PIS) / Final 0 (PASEP): Pagamento em fevereiro
  • Fevereiro (PIS) / Final 1 (PASEP): Pagamento em março
  • Março (PIS) / Final 2 (PASEP): Pagamento em abril
  • Abril (PIS) / Final 3 (PASEP): Pagamento em maio
  • (e assim sucessivamente até os nascidos em dezembro ou final 9 do PASEP)

Veja também: Passo a passo para receber o PIS Pasep 2024 de forma adiantada

Importância do PIS/PASEP

O benefício não apenas proporciona um apoio financeiro direto aos trabalhadores, mas também fomenta a integração social e o desenvolvimento econômico, estimulando a participação dos trabalhadores no crescimento das empresas.

Receber até R$ 1.295 pode representar uma significativa diferença na vida financeira de muitas famílias, oferecendo um alívio bem-vindo em tempos econômicos desafiadores.

Veja também: PIS/Pasep tem destino decidido? Descubra se você já pode receber o novo abono salarial

Como é calculado o valor do benefício do PIS/PASEP?

O valor do benefício do PIS/PASEP é calculado com base no número de meses trabalhados no ano-base considerado para o pagamento do abono. Para o ano de 2024, o ano-base utilizado seria 2022. Aqui está como o cálculo é feito:

  1. Proporcionalidade ao Tempo de Serviço: O valor máximo do benefício corresponde a um salário mínimo vigente e é proporcional ao tempo de serviço do trabalhador durante o ano-base. O cálculo é feito dividindo-se o valor do salário mínimo pelo número de meses no ano (12) e multiplicando-se pelo número de meses trabalhados.
  2. Critérios de Elegibilidade: Para ser elegível ao recebimento do abono salarial do PIS/PASEP, o trabalhador deve:
    • Estar inscrito no PIS/PASEP por pelo menos cinco anos.
    • Ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano-base, consecutivos ou não, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.
    • Ter seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial, conforme o caso.

Exemplo de Cálculo: Se um trabalhador esteve empregado por 6 meses no ano-base, o cálculo do valor do seu benefício seria:

  • Valor do Salário Mínimo (exemplo: R$ 1.100) / 12 meses = Valor por mês de trabalho.
  • Valor por mês de trabalho × Número de meses trabalhados (6, no exemplo) = Valor do Benefício.

Portanto, se o salário mínimo fosse R$ 1.100, o trabalhador receberia R$ 550 como benefício do PIS/PASEP por ter trabalhado 6 meses no ano-base.

Veja também: Prazo para sacar o PIS Pasep termina amanhã, dia 28: consulte sua conta!