LISTA de QUEM NÃO PODE RECEBER o Auxílio Emergencial: MP está DISPONÍVEL! Parcelas de R$ 150,00 a R$ 375,00 já tem DATAS…

Atualizado Hoje!

LISTA de QUEM NÃO PODE RECEBER o Auxílio Emergencial: Confira como ficou a MP do Auxílio Emergencial 2021 e quem vai ficar de fora dos pagamentos!

O assunto do momento é a MP do Auxílio Emergencial 2021. O texto da nova prorrogação foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e trouxe detalhes sobre quem vai receber os pagamentos e a lista de quem não pode receber o benefício. 

Confira como vão ser distribuídas as parcelas que vão ficar entre R$ 150,00 a R$ 375,00. Fique por dentro e confira quais são as principais informações da medida que vai pagar os valores entre abril e julho. 

LISTA de QUEM NÃO PODE RECEBER o Auxílio Emergencial
Imagem: Divulgação

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial 2021 

Vamos começar falando sobre quem tem direito ao Auxílio Emergencial em 2021. Um total de 45,6 milhões de pessoas vão ter o dinheiro depositado na conta poupança digital – cerca de 22,6 milhões a menos em comparação com o ano passado. 

Desse número total de pessoas que vão receber o novo Auxílio Emergencial, a divisão ficou assim:

  • 6.301.073 pessoas que estão no Cadastro Único do governo federal;
  • 10.697.777 de beneficiários do Bolsa Família;
  • 28.624.776 pessoas que estão nos cadastros da Caixa.

Os pré-requisitos para receber o novo Auxílio Emergencial também foram divulgados na MP nº 1.039/2021:

  • Pessoas que já receberam o Auxílio Emergencial em 2020;
  • Beneficiários do Bolsa Família e trabalhadores informais;
  • Pessoas com renda familiar mensal de, no máximo, três salários mínimos (R$ 3.300);
  • Beneficiários com renda familiar por pessoa de, no máximo, meio salário mínimo (R$ 550). 

Quem não vai receber Novo Auxílio Emergencial 2021

A lista de quem não vai receber o novo Auxílio Emergencial em 2021 é maior do que em prorrogações anteriores. Alguns grupos foram adicionados, como é o caso de estudantes com bolsas de estudo ou estágio. 

Confira a seguir quem vai ficar de fora dos novos pagamentos do Auxílio Emergencial a partir de abril:

  • Pessoas com menos de 18 anos – menos mães adolescentes;
  • Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019;
  • Quem contava em 31 de dezembro de 2019 com a posse ou a propriedade de bens ou direitos  de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares, residentes médicos, multiprofissionais; 
  • Presidiários; 
  • Cadastrados que estavam com o auxílio emergencial 2020 com caráter cancelado no sistema no momento da nova análise;
  • Pessoas que trabalham com carteira assinada;
  • Pessoas que receberam o auxílio em 2020 e não fizeram o saque dos benefícios – nem usou o dinheiro;
  • Beneficiários do INSS ou de programa de transferência de renda federal;
  • Todos que receberam em 2019 rendimentos isentos (não tributáveis ou tributados) exclusivamente na fonte maior do que R$ 40 mil. 

Quem não recebeu Auxílio em 2020 pode receber em 2021

Outra grande questão é: quem não recebeu o Auxílio Emergencial em 2020 vai poder receber em 2021? Infelizmente não. O Governo Federal optou por usar apenas os dados dos cadastros do ano passado. 

Ou seja, não vão abrir novas inscrições para o Auxílio Emergencial. Isso quer dizer que receberá, apenas, quem já recebeu alguma parcela dos pagamentos anteriores e fez o cadastro pelo site do Dataprev em 2020. 

Quem teve o cadastro cancelado durante as análises do ano passado também vai ficar de fora das novas parcelas. Com isso, quase 23 milhões de pessoas não vão receber os pagamentos a partir de abril. 

Datas Auxílio Emergencial 2021

A nova MP também confirmou o início das datas de pagamento do Auxílio Emergencial 2021. De acordo com o texto, os beneficiários começam a receber em abril e os depósitos vão até julho. 

A tabela de pagamento do novo Auxílio Emergencial ainda não foi disponibilizada e quem vai divulgar é a Caixa Econômica Federal. Os primeiros a receber serão os inscritos pelo CadÚnico e trabalhadores informais. 

Para saber mais exatamente como ficou o calendário do novo Auxílio Emergencial para Bolsa Família, acesse o site:

ATENÇÃO: Auxílio Emergencial ASSINADO e APROVADO! Veja a LISTA de REQUISITOS para RECEBER o BENEFÍCIO – Parcelas de ABRIL a JULHO…

 

Leia Também