LIBERADO PAGAMENTO de R$1.100 do INSS em MARÇO para quem NUNCA CONTRIBUIU: Veja quem RECEBE…

Alexandre Guglielmelli
Atualizado Hoje!

Veja se você pode RECEBER pagamento de R$ 1.100 do INSS em MARÇO! Valor está DISPONÍVEL até para quem NUNCA CONTRIBUIU.

Na última semana, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixou milhares de brasileiros felizes com uma ótima notícia: a liberação do pagamento de R$ 1.100 pelo INSS em Março, até mesmo para quem nunca contribuiu para a previdência.

O benefício é voltado para um grupo específico de pessoas, que poderá receber o pagamento por meio de comprovação dos requisitos necessários. Explicamos abaixo tudo sobre como receber o pagamento e quem poderá ter acesso aos créditos; confira!

LIBERADO PAGAMENTO de R$1.100 do INSS em MARÇO para quem NUNCA CONTRIBUIU
Imagem: Divulgação

O pagamento do INSS em Março

Cidadãos que nunca tenham contribuído com a previdência social poderão receber pagamento de até R$ 1.100 pelo INSS em Março! A ajuda do Governo Federal tem o valor de um salário mínimo, e é voltado para pessoas de baixa renda.

O benefício inovador é como se fosse uma aposentadoria, previsto na Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) com o nome de Benefício de Prestação Continuada (BPC). Veja abaixo quem tem direito a receber o pagamento.

Quem pode receber os R$ 1.100 do INSS em Março?

Têm direito a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC) pessoas com mais de 65 anos que fazem parte de famílias de baixa renda. O pagamento também pode ser recebido por pessoas de qualquer idade – com incapacidades ou deficiências duradouras.

Para receber o pagamento, o interessado tem que provar a idade ou a incapacidade de trabalhar. Além disso, também é preciso comprovar que a família não tem condição de sustentar o idoso ou pessoa incapacitada em questão.

A avaliação do INSS

Como o Benefício da Prestação Continuada é voltado para pessoas de baixa renda, sua obtenção é ligada a uma avaliação feita por assistentes sociais. Para fazer isso, o interessado precisa levar, no dia da realização do pedido, um estudo social registrado.

Para conseguir esse estudo social, o idoso ou pessoa com deficiência precisa procurar um assistente social no Centro de Referência de Assistência Social – o CRAS -, unidades presentes em inúmeras cidades do Brasil.

Além disso, para apresentar o requerimento em unidades do INSS, a família do idoso ou pessoa com deficiência deve estar inscrita e com dados atualizados no Cadastro Único do Governo Federal.

Clique aqui para saber mais sobre a atualização de dados no CadÚnico!

O INSS pode negar o pagamento?

O INSS só pode negar o pagamento do benefício em três situações distintas:

  • Quando o interessado não tem a idade mínima;
  • Quando o interessado não consegue provar a incapacidade;
  • Quando o interessado não vem de uma família de baixa renda.

Caso o benefício seja negado devido à falta de comprovação de incapacidade de trabalhar, a perícia do INSS pode ser questionada judicialmente. Se a negação vier por renda familiar, o interessado deve apresentar todas as despesas da família.

Fique de olho no site para receber mais novidades sobre o INSS!

 

Leia Também