JUSTIÇA determina AUMENTO na APOSENTADORIA: Veja as CONDIÇÕES e como SOLICITAR!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

JUSTIÇA determina AUMENTO na APOSENTADORIA – Entenda mais detalhes sobre como pode ser feita essa ação que aumenta os valores para aposentados!

Hoje em dia são milhões de brasileiros e brasileiras que estão sobrevivendo graças à benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Por isso é importante estar sempre atento para os direitos dessa população como é o caso da possibilidade de aumento na aposentadoria

Essa é uma decisão recente e que é válida para milhares de pessoas. Por isso é importante conferir os detalhes sobre quem pode fazer essa solicitação já que muitas vezes familiares ou amigos podem contar com um valor a mais sem saber. 

A seguir vamos trazer todas as principais informações. Entenda quais são as condições e como você pode solicitar esse aumento que poderá ser uma ótima notícia neste momento de crise financeira em todo o país. 

JUSTIÇA determina AUMENTO na APOSENTADORIA
Imagem: Divulgação

Aumento Aposentadoria INSS 2020

Primeiramente, você sabia da possibilidade de aumento de aposentadoria do INSS? É possível que isso aconteça a partir de uma soma de contribuições desde que os beneficiários entrem com um pedido específico. 

Perícia MÉDICA do INSS JÁ tem DATA para VOLTAR: Veja COMO e QUANDO agendar!

A revisão de aposentadoria do INSS deve ser feita por parte de quem, em algum momento da vida como trabalhador, teve atividades concomitantes. A boa notícia é que, dependendo da ação, seque será necessário intermediação de um advogado. 

Existem algumas condições específicas (confira detalhes a seguir) mas a ideia é que diversos profissionais consigam receber esses valores aumentados. Por isso é importante ficar atento para saber como solicitar. 

Quem pode receber aumento de Aposentadoria

Mas e quem pode receber o aumento de aposentadoria afinal? Nem todas as pessoas podem pedir a revisão e ganhar os valores. Por isso é interessante entender exatamente como funciona esse processo. 

Os principais requisitos para ter aumento na aposentadoria do INSS são

  • Pessoas que mantiveram dois empregos ao mesmo tempo; 
  • Necessário ter feito duas atividades após julho de 1994 (com aposentadoria até, no máximo, junho deste último ano); isso acontece porque esse foi o período de publicação da Lei nº 13.846; 
  • Aposentado há menos de 10 anos. 

Mas então quem vai ser beneficiado com o aumento dos valores depois da revisão? São várias categorias, mas alguns trabalhadores possuem mais chance de ter melhores remunerações. São eles:

  • Trabalhadores da saúde (médicos, enfermeiros, dentistas, anestesistas e outros); 
  • Professores e trabalhadores da educação (que atuam em mais de um trabalho simultaneamente). 

É importante, porém, conferir exatamente os valores e fazer o cálculo da revisão de aposentadoria do INSS. Isso porque em alguns casos as contas podem prejudicar o aposentado que passa a receber menos. 

Como solicitar aumento da Aposentadoria INSS

Por fim, como solicitar o aumento da aposentadoria do INSS? Como dito anteriormente, o primeiro passo é que o aposentado já esteja nessa situação há menos de dez anos. Depois desse período o prazo legal já prescreveu e não é possível solicitar. 

O passo a passo para revisão de aumento da aposentadoria é o seguinte:

  • Fazer um cálculo prévio das contribuições que pagou; 
  • Para isso use como base o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS); 
  • Faça o pedido sempre ANTES do pedido de revisão para conferir se vale a pena ou não: como o cálculo pode ser elaborado muitas vezes, procure um contador ou escritório de advocacia especializado; 
  • Depois disso é só entrar com o pedido de revisão pelo INSS diretamente – advogados especializados podem ajudar ou procure informações diretamente em uma agência da Previdência. 

Finalmente, beneficiários que recebem acima de 60 salários mínimos (R$ 62.700,00) precisam fazer o pedido de aumento pela justiça comum (com advogados). Quantias menores podem fazer a solicitação no juizado de pequenas causas (com ou sem advogados). 

Prefeitura AMPLIA distribuição do CARTÃO de Auxílio-Merenda: VEJA quem PODE receber!

 

Leia Também