Item pode valer 7 MIL vezes o seu valor oficial; talvez você tenha em casa

Item brasileiro pode custar altos valores mas muitas pessoas ainda não sabem sobre isso.

Já pensou em ter um item que vale R$ 7 mil dentro da sua casa? Muitas pessoas não sabem, mas podem conseguir esse valor em um objeto simples. Contudo, a quantia está atribuída em algo que muitos não consideram valioso. 

As moedas brasileiras podem esconder grandes segredos quando o assunto é valor. Muitos podem pensar que a quantia é, na realidade, sempre aquela cunhada no metal. Contudo, alguns modelos podem custar uma verdadeira fortuna para os colecionadores. 

Item pode valer 7 MIL vezes o seu valor oficial; talvez você tenha em casa
Saiba mais sobre as moedas raras brasileiras – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Item valioso

As formas de encontrar moedas raras são as mais plurais possíveis. As vezes achando a pena na rua ou recebendo-a como troco do pão na padaria. Tem os casos onde as pessoas conseguem o exemplar através de uma herança de família. 

A verdade é que as moedas valiosas não precisam ser apenas aquelas confeccionadas em 1800. Existem modelos novos que podem valer bastante para um colecionador. Assim, conhecer aquelas que valem não é tão difícil como parece. 

Criar o hábito de olhar atentamente para as moedas já pode ajudar a identificar. Assim, ao perceber modelos que não se parecem com a moeda comum, é um ponto para ficar atento. Logo, vale deixar aquela diferente guardada e pesquisar para saber se ela é realmente procurada. 

É bastante difícil ter moedas muito valiosas no bolso. Porém não é impossível que ela esteja na sua casa. Isso porque muitas delas ainda estão em circulação, por esse motivo, vale conhecer as características. 

Saiba mais: Item considerado ULTRAPASSADO ainda vende MILHARES de cópias: você ainda tem algum?

Moeda rara

Tudo o que sai do modelo clássico pode se tornar uma moeda rara. Com isso, ela acaba sendo valiosa para muitas pessoas. Um exemplo são as moedas que possuem elementos ausentes ou “defeitos” de cunhagem. Uma maneira de observar atentamente, é olhar as bordas e palavras do modelo. 

Assim, erros como duplicações, ataque, rachaduras ou ainda seções ausentes podem elevar o valor. Com isso, vale inclinar sua moeda em frente a luz a fim de detectar algo diferente. Vire-a de cima para baixo também. 

Vale lembrar que o verso deve ficar sempre virado para cima. Logo, aqueles que estão com a rotação inclinada podem valer mais do que as moedas perfeitas. Mas, mesmo seguindo essas dicas, é necessário compreender que não há atalho. Muito menos uma fórmula mágica. 

Para saber sobre as moedas raras, é preciso conhecer os modelos valiosos individualmente. Assim, existem três variáveis mais comuns e que podem determinar o valor da peça. 

Essas questões são a condição da moeda, número de exemplares e demanda. Assim, um exemplo que pode obedecer a todos esses pontos é a moeda de R$ 1 das Olimpíadas. Contudo, sabemos que a coleção é grande. 

Sendo assim, o modelo da entrega da bandeira de Londres para o Brasil foi criado em 2016. Com isso, o Banco Central criou poucos modelos dessa moeda. Por esse motivo, ela pode chegar a custar até R$ 7 mil. 

Sua procura é bastante grande. Isso porque para ter a coleção completa das moedas das Olimpíadas, é necessário ter uma dessa. Por esse motivo, as pessoas que possuem uma em perfeito estado, poderão vendê-la por altos valores. 

Veja também: Sua moeda de 5 CENTAVOS pode valer R$ 40,00; saiba como!