Adeus, IPTV: sinal deve sair do ar em breve

Tecnologia ganhou popularidade nos últimos anos no país

Por conta do alto preço das operadoras de TV a cabo, o sinal da IPTV ganhou bastante popularidade no Brasil nos últimos anos. No entanto, uma recomendação da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) pode pôr fim aos determinados serviços. Mas qual o motivo para esse bloqueio? Leia nosso artigo abaixo e entenda o que pode acontecer.

iptv sinal
Sinal da IPTV deve ser bloqueado pela ANATEL – Imagem: Divulgação

O que é o IPTV?

Mesmo com o grande número de streamings pelo Brasil, um aparelho nunca sai de moda quando falamos de entretenimento: a televisão. Porém, como citamos anteriormente, os preços praticados pelas operadoras de TV a cabo se tornaram cada dia mais exorbitante o que tem afastado mais e mais assinantes.

Foi nessa atmosfera, que foi criado um sistema operacional de canais, principalmente privados, que funciona com internet, liberando sinais disponíveis de outras operadoras. A ele, deu-se o nome de IPTV e apesar de existirem modelos legalizados que oferecem opções de transmissões abertas e fechadas, na prática, isso pode significar pirataria.

Assim, como todos sabem, pirataria é crime e pode render ao infrator uma pena de dois a quatro anos e também aplicação de multa segundo o artigo 184 do Código Penal Brasileiro sobre direitos autorais.

Veja também: Não paguei o cartão de crédito, posso ser preso? Entenda o que diz a lei

Bloqueio do sinal IPTV

Como colocado acima, há sinais perfeitamente legalizados de canais que funcionam a partir do endereço IP do usuário. Bons exemplos são a Globoplay (que oferece canais Globosat e sinal aberto da Rede Globo), Claro TV (com sua TV a cabo por assinatura e internet), Pluto TV (com mais de 100 canais gratuitos), dentre alguns outros.

Assim sendo, o que ANATEL pretende acabar são com os sinais ilegais que são, infelizmente, os mais comuns. Em entrevista concedida no mês de julho, o superintendente de fiscalização do órgão, Hermano Tercius, disse que a estratégia de bloqueio deve estar definida no primeiro semestre de 2023.

A saber, serão serão utilizadas ferramentas que irão detectar quais equipamentos de IPTV podem ser considerados irregulares e dessa maneira serem bloqueados permanentemente. Além disso, por conta da prática ilegal, o consumidor ou usuário não poderá recorrer a nenhum atendimento seja em qual esfera for.

Riscos de quem possui o equipamento

Por se tratar da configuração de um crime, por isso só tal fato deveria criar uma espécie de distanciamento com o uso dos aparelhos IPTV irregulares. Isto porque há penas judiciais tanto para quem vende como para quem compra o serviço. Contudo, ainda há outros danos que podem ocorrer com quem usa essa ferramenta ilegal.

Só para ilustrar o tamanho do problema, qualquer pessoa que utilize um sinal IPTV de forma ilegal está mais sujeito a ter seus dados expostos e vulneráveis à invasão de hackers. Como todos têm ideia, esses cybercriminosos podem roubar informações digitais como número de documentos, senhas e contas de bancos para aplicação de golpes.

Por isso, não dê bobeira: se você tem um aparelho IPTV com sinal ilegal, abandone essa prática o quanto antes!

Sinais de IPTV legais no Brasil

Ter acesso aos diferentes programas de TV, bem como séries e filmes específicos, através da tela de um celular ou computador, é o desejo de qualquer pessoa. Isso porque, hoje em dia, o momento de maior paz e descanso de um indivíduo, costuma ser quando ele está relaxando assistindo determinado conteúdo de qualidade.

Acontece, portanto, que poucas pessoas conhecem a diversidade de sinais de IPTV, completamente legais (dentro da lei), existentes no mundo. No entanto, esse tipo de sinal costuma oferecer diferentes possibilidades de entretenimento para seus usuários. Os sinais de IPTV legais mais bem avaliados, são:

  • Pluto TV – (bityli.com/txcTLfJk);
  • Plex TV -(bityli.com/ttlcfJYQ);
  • GloboPlay – (bityli.com/ZcERx);
  • Claro Box TV – (bityli.com/TCRHlJky);
  • Oi Play – (bityli.com/olaYtKmh);
  • Guigo TV – (bityli.com/eekiQMvhY);
  • DirecTV Go – (bityli.com/ZCkLF);
  • Samsung TV Plus – (bityli.com/fwhoSbQC);
  • LG Channels – (bityli.com/KtjZoXUY);
  • Soul TV – (bityli.com/pqdphYuo);
  • Rlaxx TV – (bityli.com/plMOqApC);
  • Vivo Play – (bityli.com/MbUAwSkC).

Conheça o Tv Box e saiba quais são os melhores aparelhos

Ainda que as Smart Tvs já estejam presentes na casa e na vida de diversos brasileiros, algumas pessoas ainda não possuem acesso à essa tecnologia. Isto é, ainda que as Smart Tvs estejam em um preço mais em conta, elas ainda não são acessíveis para todos.

Desse modo, existe uma solução que promete levar a internet à sua TV, ainda que ela não seja Smart. Isso pode ser feito através de um Tv Box. Trata-se de um aparelho capaz de fornecer à sua TV, uma rede de internet. O aparelho faz com que as TVs convencionais tenham as mesmas funções de uma Smart.

Normalmente, o preço desses aparelhos pode variar muito. Os mais baratos podem ser encontrados pela faixa dos R$200, enquanto os mais caros podem chegar a passar de R$1 mil. Contudo, existem algumas questões que devem influenciar a decisão do consumidor na hora da compra, como por exemplo, a memória Ram disponível, o tipo de conectividade e a resolução. Portanto, os mais recomendados, são:

  • Apple TV 4K – 2GB de memória RAM e 32GB (na faixa de R$1.649);
  • Xiaomi Mibox S 4K Android TV – 2GB de RAM e armazenamento interno de 8GB (pode ser encontrado por 392,40);
  • Fire TV Stick 4K – 8GB de armazenamento, com sistema Fire OS (normalmente, custa cerca de R$426,55);
  • Smart Box Android TV Intelbras IZY Play – 1GB de memória RAM, o armazenamento pode variar do modelo (preço médio de R$299,99);
  • Chromecast com Google TV 4K com Controle Remoto HDMI – 2GB de memória RAM e 6GB de armazenamento (em torno de R$408,99).

Melhores aplicativos para assistir TV no celular

Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, é possível fazer (quase) tudo através de um aparelho celular, desde que ele tenha conexão à internet. Isto é, lançou um filme novo? Possivelmente, você poderá encontrá-lo em seu celular. Deseja rever uma série antiga de TV? Basta alguns cliques para que isso seja possível.

Dentre os recursos disponíveis, está a possibilidade de que os usuários assistam a programação que passa em uma televisão, através do seu aparelho celular. Isso pode ser feito através de diferentes aplicativos, que assim como os canais de TV, oferecem vários conteúdos. Portanto, os melhores aplicativos para assistir TV no celular, são:

  • DirecTV GO (directvgo.com/br), disponível para Android e IOS – instalação gratuita com assinatura a partir de R$ 59,90 por mês;
  • Guigo TV (guigo.tv) – R$ 20,90 por mês;
  • Globoplay – (globoplay.globo.com) – a partir de R$ 19,90 por mês;
  • SBT Vídeos (sbtvideos.com.br) – grátis;
  • BandPlay (bandplay.com) – grátis;
  • TV Digital (aplicativo próprio do sistema Android) – grátis.

Uso IPTV “pirata”, posso ser preso?

Uma dúvida um tanto quanto comum entre os indivíduos, é sobre o fato do serviço de IPTV ser legal ou não. Logo de início, portanto, vale pontuar, que a prática do IPTV é completamente segura, bem como aclamada por diversas pessoas. Porém, podem existir casos em que o serviço torna-se ilegal.

Isto é, quando determinada empresa vende os serviços de IPTV, sem que tenham a devida autorização para a transmissão dos canais disponíveis. Desse modo, a prática é vista como ilegal, visto que viola os direitos autorais. Além disso, a venda dos serviços piratas por preços mais baixos, cria uma concorrência desleal contra os fabricantes.

Desse modo, todos os detentores legais do serviço, responsáveis pela transmissão dos diversos conteúdos, podem sofrer um prejuízo um tanto quanto elevado. Isso porque, muita gente utiliza os recursos sem realizar o pagamento. Assim sendo, mesmo que a prisão seja rara nesses casos, pode acontecer a aplicação de deferentes multas e punições aos infratores.

Antena digital grátis

A novidade do sinal digital já está presente na vida de milhares de brasileiros. Acontece, portanto, que infelizmente, parte da população ainda não possui uma condição financeira que permita a compra da antena digital. Isso porque, o preço dos receptores pode ser relativamente alto.

Assim sendo, pensando nessas pessoas, o Governo Federal, juntamente com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), estão ofertando a possibilidade de que indivíduos inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) possam ter acesso à TV digital.

Desse modo, para aqueles que desejam realizar o cadastro, basta entrar no aplicativo oficial do CadÚnico (bityli.com/HdeyfQOg), disponível para Android e IOS. Ademais, a próxima etapa consiste em realizar a solicitação pelo site do programa, o Siga Antenado (sigaantenado.com.br). Confira o passo a passo:

  1. Acessar o menu localizado no canto superior da tela;
  2. Encontrar e selecionar a opção “Programa de distribuição de kits gratuitos”;
  3. Clicar em “Agende aqui”;
  4. Digitar as informações solicitadas e finalizar o pedido.

Contudo, é extremamente válido dizer, que estar inscrito no CadÚnico não dá certeza de recebimento do kit com os itens da antena digital. Ou seja, a concessão está sujeita à aprovação.

Veja também: Lista reúne 10 multas de trânsito que suspendem sua CNH na HORA!