Investi meu dinheiro, posso resgatá-lo a QUALQUER momento? Entenda as regras

Confira investimentos que podem ter resgate quando quiser.

Hoje em dia, pelo fato de muitas pessoas estarem precisando de uma renda extra e também por buscarem uma maior liberdade e estabilidade financeira, o assunto de investimentos está em alta. O termo ‘investimentos’ é um termo amplo, e ele contempla diversas maneiras de aplicar o dinheiro para que se possa ter uma rentabilidade. Há tipos de investimento que são adequados para um público e não para outros, por exemplo, levando em consideração o perfil do investidor que está aplicando o dinheiro.

Assim, podemos falar que existem três tipos de investidores. Há aqueles mais conservadores, que preferem aplicar o dinheiro em investimentos mais seguros, que apresentem menos risco. Além disso, há os investidores agressivos, que normalmente buscam investimentos que tragam um maior retorno financeiro, mas que também podem estar associados a um maior risco. Por outro lado, há os moderados, que se encontram como um meio termo entre um perfil e outro. Veja mais a seguir.

Investi meu dinheiro, posso resgatá-lo a QUALQUER momento? Entenda as regras
Saiba quando pode haver resgate do dinheiro / Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Risco, rentabilidade e liquidez

Na hora de investir, é preciso entender alguns termos próprios deste universo, como risco, rentabilidade e liquidez. Dessa maneira, começando pelo risco, ele significa a chance que a pessoa tem de não receber aquilo que ela tinha expectativa de receber.

Por sua vez, a rentabilidade é quanto o montante vai render após o tempo aplicado. Ou seja, é a diferença que a pessoa ganhou quando se considera o valor que ela inicialmente colocou na operação e o valor final que ela resgatou.

Por fim, pode-se compreender a ‘liquidez’ como a velocidade de conversão do investimento em dinheiro. As três estão associadas, por exemplo, na seguinte situação: um investimento que tenha maior risco, podem apresentar maior rendimento e menor liquidez.

Em outras palavras, a velocidade de conversão em dinheiro é mais rápida, ele rende mais, mas também a chance de não receber aquilo que se esperava inicialmente é maior.

Veja também: Entenda de uma vez por todas como é possível GANHAR DINHEIRO no YOUTUBE; confira a monetização

Resgate do dinheiro a qualquer momento

O primeiro tipo que permite o resgate do dinheiro a qualquer momento é a poupança, sendo ele um dos mais conhecidos e também seguros. Atualmente, o rendimento da poupança está em cerca de 7,5%.

Além disso, também há o CDB, Certificados de Depósito Bancário. Eles se tratam de títulos bancários que instituições financeiras privadas emitem. O Fundo Garantidor de Crédito cobre os investimento de até R$ 250 mil por instituição.

Por essa razão, caso a instituição financeira que a pessoa investiu quebre, o investidor não corre risco de perder o dinheiro. Para CDBs que estejam atrelados à taxa de 100% do CDI, o rendimento está em cerca de 13% ao ano. O CDB está sujeito à cobranças do Imposto de Renda e também do IOF, no caso de períodos menores do que 30 dias.

Há o Tesouro Selic, que se trata de títulos públicos cuja emissão é de responsabilidade do Governo Federal. Pela emissão ser do Governo, o risco é mais baixo. O rendimento está atrelado à Taxa SELIC, e é necessário pagar o Imposto de Renda.

Vale a pena lembrar que as informações prestadas aqui não se tratam de recomendações de investimento.

Veja também: Renda extra de R$ 500,00 por mês em dividendos? Quanto preciso investir para receber este valor?