INSS em Atraso

INSS em Atraso – Os atrasados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) serão pagos em 2019!

INSS em Atraso – Veja se você tem direito a pagamento de precatórios no próximo ano!

Os atrasados do INSS estarão disponíveis para saque no ano de 2019. A listagem traz os precatórios que são devidos por todos os órgãos da União. As ações que estão trazendo os casos do INSS, também trazem o número do precatório, o ano da ação, o valor a ser pago e o tipo de processo.

Para que o cidadão possa verificar o seu processo, é necessário possuir o número do precatório, que pode ser consultado com o seu advogado, o mesmo que deu entrada no processo na justiça. Isso está acontecendo em todos os estados brasileiros, como por exemplo no Rio Grande do Sul, que os gaúchos que venceram as ações irão repartir um valor de mais de um bilhão de reais, que serão usados para pagar quase 15 mil gaúchos que venceram suas ações, conforme o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Siga lendo este artigo e veja mais detalhes sobre o INSS em Atraso que será pago em 2019, e como fazer para conferir se você tem direito!

INSS em Atraso
Foto: Divulgação

Pagamento INSS

O Pagamento INSS para todo o Brasil, na situação de precatórios, alcança o valor de R$ 22,382 bilhões de reais, que estão previstos nem uma proposta orçamentária aprovada no início de agosto pelo Conselho da Justiça Federal (CJF) para os precatórios do ano que vem em todo o país nas mais diversas ações que envolvem o poder público em diferentes ações.

Pagamento INSS
Foto: Divulgação

No caso dos precatórios do INSS, o depósito será feito em uma conta feita especialmente para este propósito na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil entre o dia 1° de janeiro até o dia 31 de dezembro do próximo ano. É importante manter a atenção, que se o processo foi finalizado depois do dia 1º de julho, o depósito na conta só irá acontecer em 2020.

Os valores depositados vão permanecer na conta por até dois anos. Caso não sejam retirados, eles irão retornar para o Tesouro Nacional e terão que ser requisitados posteriormente pelo beneficiado. Para que se tenha acesso a esse dinheiro de novo, o autor do processo deve pedir uma emissão de um novo precatório através de petição judicial, isso por meio de um advogado contratado.

Consulta INSS

Veja através da consulta INSS se você tem direito aos precatórios do órgão, sabendo se o pagamento já foi determinado pelo juiz do caso. A consulta pode deverá ser feita na página do TRF4 informando seu CPF e os dados do processo, ou diretamente com o seu advogado, responsável peça sua representação.

Consulta INSS
Foto: Divulgação

Veja como realizar tal consulta:

  • – Acesse a sua Consulta na página inicial da justiça do seu estado, e informa o seu número de CPF;
  • – Quando o processo abrir, confira no botão “Próximos Eventos “ se o processo já foi deferido e também protocolado até o dia 1º do mês de julho do ano de 2018. Somente neste caso você receberá seu precatório em 2019.

Confira mais detalhes na página do INSS: https://www.inss.gov.br/

Veja também o método de Agendamento INSS!

 

Leia Também