INSS: benefícios serão antecipados para milhares de brasileiros, diz Instituto

Neste mês, o INSS vai conseguir antecipar a liberação de benefícios para aqueles que estão aguardando nas filas de concessão. Veja quem tem direito!

Não é segredo para os brasileiros que a fila de espera de concessão de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é mais longa do que o esperado. Para se ter ideia, em junho deste ano, de acordo com o Boletim Estatístico da Previdência Social, havia mais de 1,2 milhão de pessoas na fila aguardando a liberação de pagamentos. Agora, uma nova medida promete mudar essa perspectiva.

Nesse sentido, caso você faça parte do grupo de pessoas que está apenas esperando para receber um pagamento da autarquia, confira abaixo o que o instituto está tramando para diminuir a fila de espera dos seus pagamentos. 

Está esperando a liberação do INSS para algum benefício? Saiba que as filas podem diminuir em breve!
Está esperando a liberação do INSS para algum benefício? Saiba que as filas podem diminuir em breve! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

INSS antecipa concessão de benefícios a quem estiver na fila

Recentemente, o INSS informou aos cidadãos que a fila de espera para aqueles que estão aguardando a liberação do Benefício de Prestação Continuada (BPC) foi reduzida. O número, aliás, foi de 9 mil pessoas, o que apresenta uma perspectiva animadora para aqueles que estão aguardando o pagamento há muito tempo. 

A saber, isso foi possível porque a perícia médica dos cidadãos que solicitaram o benefício foi antecipada, o que fez com que a espera ficasse mais curta. Em breve, com a ampliação de alguns programas para fazer com que as filas se encurtem ainda mais, brasileiros que aguardam a liberação de auxílios, aposentadorias e pensões também poderão ver as filas diminuindo. 

Veja também: Pessoas desempregadas também podem receber AUXÍLIOS do INSS? Saiba se é possível!

Quais são as regras do BPC?

Agora, se você quer saber como funciona a concessão do BPC, saiba que é um pouco mais complexa do que parece, mas nada que uma boa preparação não resolva. Em suma, o BPC é um benefício do INSS para quem é idoso com mais de 65 anos ou então é uma pessoa com deficiência, isso com qualquer idade. O caso é que ambos devem ser de famílias de baixa renda, que recebam até 1/4 de salário mínimo por pessoa. 

Embora se trate de um benefício do INSS, o BPC, na verdade, não tem ligação com a Previdência Social. Isso quer dizer que, para recebê-lo, não é necessário ter realizado nenhum tipo de contribuição com o instituto. Ou seja, não é necessário ser segurado, nem cumprir carência. Dito isso, o BPC também não concede direito ao:

  • Pagamento de um 13º salário, como acontece com aposentadorias e pensões;
  • Deixar pensão por morte em caso de falecimento do titular do benefício. 

Outro ponto importante a se mencionar é que, como o benefício é assistencial, para recebê-lo é necessário se inscrever no Cadastro Único. Para isso, você deve ir ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e fazer um registro. Depois disso, deve solicitar o recebimento do BPC ao INSS e, como dito anteriormente, passar pela perícia médica (no caso da solicitação ser feita por pessoas com deficiência). 

Por fim, para ter acesso ao BPC é importante se comprometer com as regras de praxe do CadÚnico, como a atualização dos dados a cada dois anos ou enquanto houver mudanças nos dados, dentre outros. 

Veja também: INSS vai conceder BENEFÍCIO de R$ 1,3 mil para brasileiros NESTA semana; confira os detalhes!