Inmet alerta sobre clima em janeiro e o perigo de agravamento de doenças crônicas

Saiba como as condições do clima em janeiro de 2024 podem impactar a agricultura e a saúde no Brasil. Prepare-se para enfrentar o calor intenso e a escassez de chuvas.

O Brasil é um país abençoado com uma riqueza incrível de diversidade climática, mas também enfrenta desafios constantes em relação ao tempo. À medida que avançamos em janeiro de 2024, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emite um alerta que merece nossa total atenção.

Este mês promete trazer consigo condições climáticas que não apenas afetarão a agricultura, mas também representam um perigo potencial para a saúde pública.

Inmet alerta sobre clima em janeiro. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

Condições do clima em Janeiro

As projeções do Inmet para janeiro de 2024 são claras e preocupantes. O Brasil se prepara para enfrentar um mês de chuva escassa em muitas regiões. Isso afetará principalmente a região Norte, áreas da Região Sul e os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Por outro lado, algumas áreas do Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste podem experimentar chuvas dentro ou acima da média.

No entanto, a situação é particularmente desafiadora no Matopiba, onde chuvas abaixo da média desde outubro e novembro de 2023 resultaram em níveis de água no solo extremamente baixos. Janeiro deve manter essas condições de déficit hídrico devido às altas temperaturas, o que representa um obstáculo adicional para a agricultura local.

Veja também: Quer dar comprar um ar-condicionado? Inmetro revela os 8 modelos mais econômicos!

Perspectivas para a agricultura

No Brasil Central, as chuvas de dezembro ajudaram a elevar os níveis de água no solo, com exceção do norte de Minas Gerais. A previsão para janeiro é de chuvas mais regulares, o que pode ser benéfico para as culturas que requerem maior quantidade de água nesse período.

Por outro lado, na Região Sul, embora os volumes de chuva previstos mantenham os níveis de água no solo elevados, a probabilidade de excesso hídrico é menor. Isso pode favorecer a retomada da semeadura das culturas de primeira safra.

Temperaturas acima da média

Além das preocupações com as condições de chuva, o Inmet também alerta para as temperaturas acima da média em praticamente todo o Brasil. Em algumas áreas, como Amazonas, Pará, Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Matopiba, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, a temperatura média poderá chegar aos 30ºC.

O calor intenso representa um risco significativo para a saúde pública. Pode levar a problemas como desidratação, insolação e até mesmo o agravamento de doenças crônicas. Pessoas com condições de saúde pré-existentes, como doenças cardíacas, respiratórias ou diabetes, estão particularmente em risco.

É fundamental que a população esteja ciente dessas condições e tome medidas para se proteger. Recomenda-se manter-se hidratado, usar roupas leves, proteger a pele do sol e evitar atividades físicas excessivas durante os períodos mais quentes do dia.

Preparação para o clima em janeiro é a chave

Em resumo, janeiro de 2024 trará desafios climáticos importantes para o Brasil, com chuvas escassas, altas temperaturas e potenciais impactos na agricultura e na saúde. É crucial que todos estejam preparados e tomem as precauções necessárias para enfrentar essas condições adversas.

Além disso, agricultores devem estar atentos às orientações do Inmet para garantir a melhor gestão de suas culturas diante das condições climáticas adversas. A atenção e a prevenção são as melhores armas para enfrentar os desafios que o mês de janeiro nos reserva.

Veja também: Polêmica: carros ficarão mais gastões em 2024? Inmetro se posicionou!