Data de pagamento da indenização do Auxílio Brasil é revelada

Milhares de beneficiários do antigo Auxílio Brasil poderão receber uma indenização em altíssimo valor, cujo pagamento é decorrente dos dados fornecidos pelos cidadãos na hora da inscrição no benefício.

O Auxílio Brasil foi um programa de grande importância para os cidadãos brasileiros. Como é de conhecimento geral, o benefício foi fornecido como uma continuidade do Auxílio Emergencial, durante os anos de 2021 e 2022.

Para melhor entender, o Auxílio Emergencial fornecia pagamentos mensais aos cidadãos no momento de pico da pandemia. Porém, após o fim do pico, o pagamento foi substituído pelo Auxílio Brasil, que também tomou o lugar do Bolsa Família.

Apesar do Auxílio Brasil também já ter chegado ao fim e o Bolsa Família estar de volta, muita gente ainda pode ter uma alta quantia para receber. Isso porque um “erro” do Governo Federal trará uma alta indenização para alguns beneficiários.

Auxílio Brasil
Regras para recebimento do valor / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Entenda qual a origem da indenização do Auxílio Brasil

Assim como dito anteriormente, o Auxílio Brasil veio para substituir dois outros benefícios: o Auxílio Emergencial e o Bolsa Família. De qualquer formas, todos eles possuem um caráter de auxílio para os cidadãos locais.

Neste sentido, para saber quem realmente tem direito ao recebimento das parcelas, é preciso coletar e armazenas alguns dados dos cidadãos interessados. Esses dados ficam reservados no sistema do CadÚnico, o Cadastro Único.

A Lei Geral de Proteção de Dados, LGPD, tem como foco garantir que todos os dados pessoais dos indivíduos sejam mantidos em total sigilo. Porém, um vazamento de dados fez com que milhares de beneficiários tivessem as informações divulgadas.

Mas qual o problema disso? De forma simples e breve, as empresas compram dados para analisar o perfil de cada um. É a partir desse dado que essas empresas ligam oferecendo produtos específicos, planos de saúde e afins.

Assim sendo, para sanar o “prejuízo” moral, o Governo Federal garantiu o pagamento de uma indenização no valor de R$ 15 mil.

ABONO NATALINO pega brasileiros de surpresa: saiba mais!

Quando o valor será pago?

Para que seja possível saber quem, de fato, poderá contar com o dinheiro, é preciso realizar uma consulta simples. Essa consulta é feita através do link oficial (sigilo.org.br), necessitando apenas da identificação pessoal.

Assim sendo, aqueles que tiverem direito deverão solicitar o auxílio de um profissional, como de um servidor público, para informar-se quanto ao processo de saque. Além disso, o advogado garantirá que tudo sairá conforme o esperado.

É válido pontuar que a indenização não tem qualquer ligação com o Auxílio Brasil. Ou seja, o vazamento de dados aconteceu durante os repasses provenientes do benefício em questão, e é por isso que quem recebeu os valores pode estar apto à indenização.

Por fim, vale dizer que a disponibilização do dinheiro pode levar um tempo, afinal, são milhares de consultas e um valor bem alto em jogo, o que acaba deixando o processo relativamente lento, além das exigências necessárias.

Veja também: URGENTE: Governo mudou trabalho aos domingos e feriados! O que aconteceu?